Beleza

Você já conhece o Lip Tints?

​A mulherada não fala em outra coisa que não seja o Lip Tints. Você sabe o que é? Nada mais nada menos que uma tinta para os lábios. Isso mesmo. O seu objetivo é fixar mais e melhor que os batons e o gloss, e não borrar.

Para quem quer e gosta de um batom de longa duração deve apostar e fazer uma experiência 🙂

Quem não quer passar algo nos lábios e ficar , por exemplo, a noite toda sem precisar retocar? Sair para almoçar e continuar coma boca corada? Maravilhoso, né? Inclusive estão usando na bochecha e nas pálpebras.

As marcas

Algumas marcas como a Ruby Rose, DNA, Sepoha, Inglot, Revlon já estão investindo legal e criando várias tonalidades. A marca Eudora já está com 5 cores e cada Lip Tints está custando em torno de R$ 37,99. Até aí, tudo bem.

Cuidado

O único problema que eu vejo e acho que merece total atenção é que por ser um produto muito pigmentado, você não deve usar de forma muito intensa. A própria marca alerta para o fato do produto provocar uma leve sensação de desconforto devido a composição do produto.

Eles me lembram aqueles batons verdes de antigamente (me senti velha agora, rsrs) que prometia a duração de 24 horas nos lábios. Lembram disso?

Imagens: Divulgação Internet

Quem aí vai usar?

Arte

7 ideias para reciclar pneus

Quer ideias para reciclar pneus? Que eu adoro uma rede social, todo mundo já sabe, né?! Pois bem, em uma das minhas “viagens” estive pesquisando sobre a reutilização dos pneus. Gente, é muita coisa bacana, super funcional, bonita e fácil de fazer.

A princípio, um material que ficava poluindo o meio ambiente hoje já tem vários destinos. E tem muita gente ganhando dinheiro com essa nova modalidade de reciclar pneus. São puffs, mesas, cadeiras, balanço, caminha para cachorro…vai da criatividade de cada um.

Para quem pretende investir, e não é muito, já tem cursos e professores particulares para ensinar a técnica. Li alguns depoimentos onde pessoas que faziam da arte um hobby, hoje vivem dela e estão com um gráfico de crescimento surpreendente. Olha que maravilha. Você retira um “lixo” do meio ambiente e ainda ganha dinheiro em cima dele 🙂 Tudo de bom.

Ah, e uma coisa super bacana é que como os artesãs são unidos, a troca de informação, o empenho e a parceria facilitam demais o crescimento. Uma coisa que admiro e fico pensando em como seria bom que acontecesse em outras profissões. Quando o ser humano entender que juntos somos mais fortes, as coisas vão deslanchar. Fica a dica. Agora vamos às peças que achei super estilosas para servirem de inspiração para vocês.

Adriana Cristina
Facebook: adrianapuffsecologicos Tel.: (41) 8838.2053
Etiqueta

Como usar o copo correto

​Olá, amigos. Vamos falar de mesa posta? Então o tema hoje são copos,​ taças e xícaras. Você sabe qual é o copo correto para cada tipo de bebida?​ E a xícara? Sabe como manuseá-los corretamente? Se não sabe, não tem​ problema. O Blog da Vânia vai te ensinar.

Copo de mesa

Há 5 copos considerados copos de mesa, pois servem para bebidas que​ acompanham as refeições. Eles são: taça de água (ou suco e refrigerante),​ taça de vinho tinto, taça de vinho branco e taça de licor. O licor pode ser​ ​servido na sala, mas há pessoas que preferem servi-lo à mesa, por isso, ele​ tanto pode ser usado na mesa como no bar. Aliás, os copos de mesa​ podem ser utilizados no bar, também.

Segurando taças

Seguramos as taças pela haste, nunca no corpo do copo, principalmente​ se o conteúdo for vinho. Isto porque a temperatura quentinha de nossa​ mão rapidamente aquece a bebida, que deve ser servida geladinha.

Copo de bar

Estes copos são usados apenas no bar pois não acompanham refeições,​ mas iscas. São utilizados para whisky, caipirinha, margherita, coquetéis de​ fruta, cachaças e muito mais.

Taças de Champagne

São duas taças: flute e cálice. A flute é estreita e alta, para preservar o​ borbulhar dos espumantes. Já o cálice, curto e largo, é ideal para quem​ prefere sentir o agradável aroma da bebia.

Xícaras

Essas são bastante conhecidas. Temos xícaras de chá (as maiores), as de​ café (as menores) e as de cappuccino (finas e compridinhas). Dê um jeito​ de baixar esse dedinho mindinho porque é deselegante coloca-lo para​ cima. Quem te contou que é chique te enganou. Se você vai tomar o​ cafezinho no sofá, não deixe o pires na mesa de apoio. Traga os dois juntos.

E aí, pessoal. O que acharam das dicas da professora de etiqueta Débora Batista?

Aguardo os comentários 🙂

Estética

Sobre o meu preenchimento

​No mundo da estética o preenchimento virou uma febre. Depois que aparece aquele aspecto cansado é ideal que se lance mão dele, né?

Minha história

Bom, no post de hoje eu vou falar da minha história. Desde criança tive lábios muito pequenos. Na parte de cima então, quando eu sorria entrava totalmente e não aparecia nada 🙁 Confesso que por muitos anos isso foi um tormento pra mim. Entendia que era por causa da genética, porque minha mãe não tem nada, tadinha. Mas isso me deixava triste.

Só que com o tempo a tecnologia vai avançando e algumas soluções vão surgindo para você amenizar ou até mesmo acabar com uma questão que te incomoda. É claro que nada acontece em um passe de mágica. É demorado o processo. Você tem que está muto certa do que vai fazer e escolher bem o profissional que te passe essa segurança para que o resultado seja satisfatório.

Assim como o botox, levei tempo para decidir fazer, porque sempre tive medo de ficar com aquele aspecto artificial e plastificado que tenho visto em pessoas que erram a mão no tratamento.

Comigo foi aos poucos. O botox já faço há alguns anos (leia aqui), mas o preenchimento tem pouco tempo.
No meu caso foi assim: depois de bastante tempo fazendo o botox criei coragem, também depois de muita conversa com o médico Rodrigo Guimarães da Clínica Espaço Duo, fiz a primeira aplicação.

O preenchimento

Nas olheiras ficou um luxo logo de cara e na boca deu uma leve diferença, mas foi o suficiente para eu lançar mão dos batons com cores mais fortes um pouquinho, rsrs. Na segunda vez ficou melhor ainda; me senti. E agora na terceira ficou um espetáculo. Perfeita a harmonia dos lábios com o meu rosto.

É claro que contei com muita paciência e com o bom senso de Dr. Rodrigo neste momento. Fizemos as aplicações em várias etapas até os lábios ficarem como queríamos.

Resumindo, hoje estou mais feliz com o meu rosto, me sinto bem quando olho no espelho, me realizo usando batons vermelhos (que eu não usava de jeito nenhum quando não tinha lábios) e segura quando ouço das pessoas que estou com uma excelente aparência. Ouvi várias vezes amigos e pessoas do meu convívio que algo estava diferente em mim, mas que não sabiam dizer o que era. Isso é maravilhoso, porque mostra que você corrigiu sem exagerar e errar a mão.

Hoje que a boca desinchou, porque levam alguns dias, tá? Eu selecionei fotos desde quando tudo começou para vocês notarem a diferença.
Se você depois de ler o meu relato criou coragem, procure o seu médico de confiança e converse com ele sobre os seus medos e anseios. Isso não é vergonha ou fraqueza, é simplesmente um comportamento inteligente de quem não quer se arrepender depois 🙂

Na primeira foto sem preenchimento, na segunda com um pouquinho para experimentar e na terceira com mais um pouco
Com os médicos Rodrigo e Leonardo Guimarães da Espaço Duo

Clínica Espaço Duo – Rua Voluntários da Pátria, 500 – 1205 (22) 3026-3311

Receita

Receita de empadão de espinafre

​No final de semana aqui em casa nós saboreamos um empadão de espinafre delicioso feito por minha secretária Carla Beatriz (falei com ela que eu ia colocar o seu nome com o devido crédito e assim estou fazendo).

Como eu achei muito prático, nutritivo e saboroso, pedi a ela que fizesse a gentileza de copiar a sua receita pra mim. É, porque ela faz tudo de cabeça, tá?! Não anota nada e sabe um monte de receitas maravilhosas. O que você pensar em comida ela sabe fazer. Uma figura; nos conhecemos há 11 anos. Precisa falar mais? Quanto à receita, vai vendo… rsrsrs 

Empadão de espinafre

Massa:
1/2 kilo de farinha de trigo
3 colheres de margarina
3 colheres de óleo
1 pitada de sal
Fatias de mussarela para cobrir

Recheio:
1 maço de espinafre lavado, escorrido e picado
1/2 litro de leite
3 xícaras de farinha de trigo
2 colheres de margarina
1 cebola cortada em cubinho
3 dentes de alho amassados
Sal a gosto

Mode de preparo

Para a massa; misturar tudo até obter uma massa lisa e firme.

Para o recheio: doure a cebola, o alho na margarina, acrescente a farinha de trigo aos poucos, em seguida acrescente o leite, o sal e o espinafre. Cozinhe até formar um creme bem grosso.

Para finalizar: espalhe bem a massa na travessa, coloque o creme, cubra com mussarela e leve o forno até dourar.

Pode falar que deu água na boca, tá?! 🙂

Beijinhos e até a próxima.