Entrevista da Semana

Entrevista da semana na Folha Estilo

Dra. Ada Lavôr Pellegrini – Dentista

Perfil:

– Qual a sua formação profissional? Cirurgiã Dentista formada em 2003 pela Faculdade de Odontologia de Campos. Especialização em prótese, pacientes com necessidades especiais, atendimento odontológico domiciliar e, finalizando, habilitação em odontologia hospitalar.

– Como administra o seu dia? Acordo diariamente antes das 6h. Tenho uma semana intensa e me divido entre os atendimentos domiciliares e consultório, além de 2 vezes por semana trabalhar na prefeitura de outro município, atendendo exclusivamente pacientes especiais.

– Fale sobre a sua área de atuação profissional. Diariamente lidamos com pacientes que possuem limitações físicas, mentais, cognitivas, doenças sistêmicas crônicas, que precisam de um atendimento odontológico diferenciado, seja ele preventivo ou curativo. Atuamos além da cavidade oral, com foco no atendimento humanizado.

Lidamos com o medo, dificuldades de locomoção, doenças sistêmicas onde o dentista precisa conhecer e saber lidar com a fisiopatologia e o procedimento odontológico, sem deixar de lado a empatia, acolhimento e muito amor.

– Qual a principal função de um cirurgião dentista? Promover saúde, esse é o nosso maior objetivo. Usamos como linha de cuidado principal o acolhimento, onde a criação do vínculo, principalmente com pacientes especiais, é essencial para o sucesso do tratamento. Cada paciente com suas características e necessidades individuais, recebe abordagem individualizada.

– Como é a sua rotina? Minhas tarefas diárias são divididas entre atividade física no início da manhã, condição essencial para manutenção de minha saúde, e seguimos entre o consultório, atendimentos domiciliares, serviço público e administração da casa.

– Quais os desafios junto ao público? Em minha área de atuação, o principal desafio é a criação de vínculo, o manejo odontológico em pacientes sistemicamente comprometidos requer estudo contínuo e muito comprometimento. Busco sempre orientar sobre a importância da saúde bucal para a manutenção da saúde.

– Como fica a realização pessoal em termos profissionais? Minha realização na profissão está em cada sorriso que recebo de volta ou abraço de cada paciente e pais por mais uma etapa vencida. Promover qualidade de vida a pacientes acamados, orientar a família e cuidadores sobre como realizar os cuidados orais é muito gratificante.

– Quem é Ada? Ada foi uma criança de infância feliz. Filha de treinador de cavalos, tive uma infância que envolvia o contato com animais e natureza. Chegar até aqui não foi fácil, mas a determinação, uma característica muito forte da minha família, sem perder o bom humor, irreverência e riso fácil, fez dos obstáculos algo a ser superado sem perder a doçura. Hoje, mantenho a mesma essência, e levo isso para a vida.

– Fale sobre a sua família. Falar da minha família, já me faz abrir um sorrisão!! Casada há 9 anos com um homem incrivelmente inteligente, justo, gentil, bem humorado, só me faz ter a certeza de que o amor é a única resposta! Minha mãe, linda! Uma irmã parceira e comadre, sobrinhos encantadores, tios, primos que quando se juntam… é muita energia boa!

– Como encontrar tempo para o lazer? Viajamos bastante, cuidamos da nossa história com muito carinho e os horários de lazer são essenciais para estarmos em comunhão; normalmente buscamos o contato direto com a natureza.

Bate-bola:

– Incoerente: Os discursos políticos
– Sem graça: Deixar alguém esperando
– Lembrança boa: Nova York
– Sem solução: Corrupção
– Cheiro agradável: Uma manhã a beira mar
– Amor: O que eu tenho e dou
– Sonho de consumo: Ter um cavalo
– Livro de cabeceira: A morte é um dia que vale a pena viver, escrito por Ana Cláudia Quintana
– Melhor conquista: Minha felicidade
– Filme que assistiu e que recomenda: O escafandro e a borboleta
– Som preferido: O que combina com meu estado de espírito.
– Ídolo: São Francisco de Assis, a palavra certa é devoção
– Admirável: Educação e gentileza com TODOS
– O que te faz rir: As perguntas que meus sobrinhos me fazem
– Desejo: Igualdade
– Decepção: Promessas não cumpridas de políticos
– Medo: De perder quem eu amo
– Momento atual: Plena
– Mania: Mexer na ponta do cabelo
– Jamais esquecerá: O primeiro beijo com meu marido
– Ilegal: Não compre nada sem nota fiscal
– Religião: Católica
– Deus: Base de tudo
– Deixe uma mensagem: Nunca deixe de agradecer

Vania Carvalho

Escrito por Vania Carvalho

Campista, caçula de uma família de 9 filhos, casada há 23 anos com o advogado Ralph Pessanha e mãe de Bianca e Bruno.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *