Arquitetura

Ideias de construções que incorporam árvores

É muito comum ouvir de quem vai começar a construir que o primeiro passo é “limpar” o terreno para a obra começar. Mas hoje, com o interesse e influência dos grandes arquitetos, podemos ver que as árvores podem e devem ficar em sua construção. 

Gente, a ideia é plantar o máximo de árvores possíveis. Por que cortar? Totalmente desnecessário e nada saudável, concordam?É uma nova postura aonde todos saem ganhando; ganha a natureza, ganha quem está construindo, ganha a qualidade do ar e nós, com a sensação térmica que, com certeza, será mais agradável ao redor da construção. Os imóveis ficam ambientalmente corretos e totalmente personalizados. 

Eu mesma posso dizer. O que me chamou atenção para esta matéria foi uma foto que vi no Instagram de uma casa com a árvore incorporada. Um espetáculo da natureza, do arquiteto e um luxo para quem está morando. É tudo uma questão de boa vontade, já que em muitas situações a retirada é feita sem pensar. A existência de árvore(s), na maioria das vezes, não impossibilita que uma obra seja feita. Para mostrar que além de possível é lindo, selecionei algumas fotos de casas e de construções em que as árvores dão o seu show.   

Eu fiquei apaixonada 🙂 E vocês?

Fotos: divulgação Internet

Arquitetura

ANTES E DEPOIS – PROJETO CORRETORA DE IMÓVEIS

O antes e o depois

Neste post  a minha cliente Bia Nogueira preparou mais uma matéria super bacana com o antes e depois. Eu amei 🙂

Espaço para ser renovado e modernizado. A troca do piso foi necessária para compor a nova imagem do ambiente. Uso de piso tipo porcelanato, pintura branca nas portas, teto e off white nas paredes, deram amplitude e leveza aos ambientes. O acréscimo de novos pontos elétricos e revisão total das instalações existentes foi necessária por se tratar de um prédio antigo, evitando sobrecarga.

Nesse momento é de total importância o estudo da localização adequada para instalação dos equipamentos para uso do ar condicionado tipo split (unidade interna – evaporadora e externa – condensadora) e como interligar esses equipamentos. Em projetos atuais, esses equipamentos têm merecido local próprio e por vezes até compondo lindas volumetrias nas fachadas.

O projeto

No caso deste projeto, foi feita a instalação da unidade externa no prisma de ventilação existente e recuado, assim não interferiria na composição visual das fachadas. É importante a visita de um profissional especializado para definir essa localização e também a consulta ao administrador do prédio para que tudo fique dentro das normas do condomínio.

Por Bia Nogueira