Entrevista da Semana

Entrevista da semana na Folha Estilo

Evanildo Leite – Professor e Presidente do Rotary

– Qual a sua formação profissional?
Sou professor de Eletrônica e Telecomunicações do IFF, graduado em Tecnologia em Manutenção Industrial (CEFET/Campos), com Mestrado em Engenharia Mecânica (UFF-Niterói) e Doutorado em Engenharia e Ciência dos Materiais (UENF).

– Faça um breve resumo sobre a sua trajetória profissional.
Atuei por mais de 20 anos como técnico de Telecomunicações na Embratel. Durante 13 desses 20 anos atuei também como professor do Instituto Federal Fluminense (IFF, antiga Escola Técnica Federal de Campos, antigo CEFET/Campos), Escola Técnica Estadual João Barcelos Martins e do SENAI.

Sou professor do IFF desde 1996, e, a partir de 2008, me dediquei exclusivamente à carreira acadêmica no Instituto, tendo sido diretor-geral do IFF Campus Itaperuna por três anos.

Atualmente estou coordenador adjunto no Curso Superior de Tecnologia em Telecomunicações do IFF, onde tenho o prazer de trabalhar em prol da educação pública gratuita ao lado de ótimos companheiros! 

– Como está sendo a experiência de ser Presidente do Rotary Club de Campos?
Antes de tudo, é uma honra estar na presidência do Rotary Club de Campos, o mais antigo de nossa cidade, com 91 anos, configurando também como o oitavo mais antigo do nosso país.

Sendo o Rotary uma instituição formada a partir de profissionais líderes em suas áreas de atuação, estar presidindo esse clube é um grande desafio. Ao longo desses 91 anos, tivemos grandes realizações, como a construção de três escolas, as Escolas Rotary I, II e III, que hoje são mantidas pelo poder público municipal e estadual, a criação do aeroclube, que mais tarde se transformou no aeroporto de Campos e outras tantas…

Vivemos em um tempo diferente e nossas preocupações hoje estão muito voltadas para as questões de saúde do nosso povo, onde temos tido a oportunidade de, através de voluntarismo, levar pontualmente serviços médicos e medicamentos às populações mais carentes do interior do nosso município, discutir a importância do aleitamento materno, como fizemos durante o mês de agosto no Agosto Dourado, alertar sobre os cuidados da Saúde renal como faremos em breve, juntamente com os Amigos do Rim, promover campanha de conscientização sobre diabetes, como estaremos fazendo em novembro por ocasião do Dia Internacional do Diabetes!

Também, ao longo dos últimos quase 40 anos temos contribuído para erradicação da poliomielite no mundo que, hoje, graças às forças de governos, do Rotary e dos seus parceiros, conta com o número de casos bastante reduzido.

Do mesmo modo, os esforços de Rotary Internacional já se iniciam no sentido da prevenção e erradicação da hepatite. Além dos serviços à comunidade, um outro pilar do Rotary é o exercício do companheirismo, onde a troca de idéias, o bate papo descontraído, enfim, a convivência e
amizade contribuem para o crescimento pessoal e profissional dos próprios rotarianos!   

– Como concilia o trabalho junto à Presidência do Rotary com a de professor do IFF?
No Rotary temos uma equipe de Conselho bastante afinada, o que nos propicia uma distribuição das tarefas, pois cada um de nós tem sua atuação profissional não podendo se dedicar integralmente ao Rotary!

Assim, com a ajuda de todos, fica mais fácil conciliar as atividades de professor e coordenador do IFF com a atividade rotária.

Fale sobre a sua família. 
Sou casado com Suzana da Hora Macedo, que também é engenheira e professora tendo atuado no curso de Telecomunicações, onde nos conhecemos. Tenho dois filhos do primeiro casamento, Jean Marcus e João Vitor, que já nos deram três netinhos: a Helena o Miguel e o Ulisses!

Quem é Evanildo?
Evanildo é um cara extrovertido, trabalhador, que adora viajar, está sempre disposto a contribuir na busca de soluções para problemas. Em razão de sua própria história, vê na educação uma ferramenta primordial para promover mudanças em uma sociedade. 

– O que costuma fazer nos momentos de folga?
Nos momentos: TV, Cinema, bares e restaurantes. Nos dias: Viagem.

Bate-bola:

Tem paixão por:  meus netinhos 
– Exemplo a ser seguido: Obama
– Ser professor é… maravilhoso!
– Felicidade tem nome: Suzana, Jean, João, Helena, Miguel e Ulisses
– Tem saudades… do Brasil de 10 anos atrás
– Te deixa triste: Brasília
– Alegria: meu time
– Não combina com você: Exercício físico
– Se defina em uma palavra: Feliz
– Time: Flamengo
– Maior mentira que já contou: Vou perder 20 quilos no ano que vem!
– Maior conquista: a aprovação no primeiro concurso público
– Perfeito – a natureza
– Motivo de orgulho: ter promovido inclusão social quando fui Diretor Geral do Campus Itaperuna do IFF 
– Bebida preferida: cervejinha
– Animal que adoraria ter: nenhum
– Som que te acalma:  2cellos
– Momento atual: preocupação e tristeza com nossa cidade, nosso estado e principalmente com nosso país, envergonhado mundo afora!
– Adoraria esquecer: que houve outubro em 2018
– Religião: nenhuma
– Deus: Acredito
– Deixe uma mensagem: “Seja um presente para o Mundo!” – lema de Rotary Internacional 2015/2016    

Fotos: Fernando Cerqueira e arquivo pessoal

Vania Carvalho

Escrito por Vania Carvalho

Campista, caçula de uma família de 9 filhos, casada há 23 anos com o advogado Ralph Pessanha e mãe de Bianca e Bruno.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *