Entrevista da Semana

Entrevista da semana

Fred William Nicácio – Fisioterapeuta e estudante de Medicina

Perfil:

– Qual a sua formação profissional? Sou fisioterapeuta especialista em terapia intensiva e médico interno do 6º ano da UNIG Campus V – Itaperuna.


– Foi fácil a escolha? Escolha difícil, visto que precisei abandonar a atuação da primeira profissão para seguir e trilhar novos caminhos. Caminhos esses muito duros e difíceis. Seis anos de abdicação e dedicação.


– O que a sua área trata? Atuarei na área de Cirurgia Plástica. Entrarei na residência no ano que vem. 


– Hoje escolheria tudo novamente? Sim, tudo novamente. E provavelmente faria tudo com mais intensidade. 


– O que diria para os que estão começando na medicina? Foco, dedicação, filtro mental e sabedoria. Fé em Deus para continuar firme nos momentos de solidão e perrengue, sejam eles quais forem (financeiros, emocionais, psicológicos, acadêmicos etc…) E  nunca, jamais, em hipótese alguma permita que alguém te diga que seu sonho é impossível ou que você não é capaz. 


Quem é Fred? Fred é coração demais. Deveria ser menos, mas não consegue. Fred é emotivo, é pacífico, é espontaneidade e desarmamento. Fred é sorriso largo e braços abertos. Fred também é esperto e sensitivo. Consegue perceber as nuances no ar e se proteger sempre que necessário. Fred é puro e luz, mas não é ingênuo. 


– Como é o seu dia a dia? Tento me dividir em 5 pra dar conta de tudo. Além das atribuições acadêmicas dentro da medicina, ainda alimento um instabloger sobre meu dia a dia, onde tenho postagens quase que dirias sobre o que sou e o que faço. E nessa rotina entra minha alimentação, meus treinos na academia, meus procedimentos estéticos, minhas indicações de roupas e moda, meus conselhos motivacionais principalmente voltado para pessoas negras, que eu gosto de chamar de Afro-conscientização. E meu namoro – a distância – com o Dr. Fábio Gelonese (um paulista lindo que roubou meu coração).


Fale sobre a sua família. Minha família? Assunto delicado, mas hoje meu relacionamento familiar basicamente se resume a minha mãe, meu irmão mais novo e meu namorado, agrego minhas duas cunhadas e meu sobrinho.

– O que faz nas horas vagas? Nas horas vagas uso meu tempo para viajar e visitar o Fábio. Todo tempo extra que consigo é para tentar passar tempo de qualidade com ele, já que há 3 anos e 7 meses embarcamos em um namoro a distância quando eu ainda estava no meio da faculdade. Ele morando em SP e eu aqui no interior do Rio. Quando não é possível, distribuo meu tempo com as minhas riquezas, que são meus amigos verdadeiros.


BATE- BOLA:
– Estilo de vida – Onde eu consiga conciliar mente e corpo sãos. Juntando meu trabalho ao meu prazer pessoal, ganhando dinheiro para gastar em qualidade de vida, não para acumular bens materiais.
– Um nome marcante – Nicácio 
– O que te faz parar – O medo me paralisa. Mas a sensação de sobrecarga me faz ficar lentificado.
– Não concorda com… Injustiça de qualquer espécie. Na verdade, isso me irrita muito.
– Defina-se em uma palavra – Intensidade 
– Gasta muito com – Roupa
– Momento marcante – Minha formatura
– Que defeito é mais fácil de perdoar – Todos os cometidos ou motivados por ignorância/inocência.
– Se pudesse voltar no tempo o que faria diferente – Teria aproveitado mais os meus avós.
– Qual o seu lema – A semeadura é livre, mas a colheita é obrigatória.
– Irritante – Pessoas altivas, arrogantes, cheias de si, “donas da razão” e injustas. Só de pensar nelas, minha energia vital já vai lá em baixo.
– Qual a sua ideia de felicidade – Vida saudável com conforto. Se sentir amado e ter a quem amar. Servir como referência para alguém e ser útil para melhorar a vida de outras pessoas.
– Família é…Base, alicerce, sustento. Mas com a maturidade, tenho tido a possibilidade de enxergar que família é um conceito próprio e mutável. Encontramos família, ou seja, base, alicerce e sustento, em amigos e outras pessoas que não necessariamente tem o mesmo sangue que a gente.
– Decepcionante – Lobos em pele de cordeiro.                                                       – Atividade favorita – Viajar e conhecer novos lugares, mas principalmente, novas pessoas. Eu amo me conectar com gente de verdade. Pessoas estranhas me atraem!
– Se não fosse médico seria…Eu adoraria ser publicitário. Na verdade, foi a primeira profissão que eu me lembro de ter desejado. 
– O que admira nos amigos – A lealdade e a irmandade deles comigo. Os meus poucos, são amigos até nas horas mais difíceis. 
– Time – Vasquinho, né?! Coitadinho. 
– Tem vergonha de… Tenho vergonha de gente hipócrita. Dá nojo, na verdade. Pessoas que ostentam um discurso e jogam um peso sobre outras pessoas que elas mesmas não conseguem aguentar. 
– Religião – Apenas uma forma da sociedade tentar organizar na sua pequenez humana, algo muito maior que eles.
– Deus – Deus é a essência do amor. Se não há amor, não há Deus. Palavras e atitudes sem amor, nunca ecoarão de forma positiva. 

– Deixe uma mensagem: Quero aproveitar o ensejo e agradecer a todo carinho que tenho recebido pelas redes sociais ao longo desses anos que venho me destacando no cenário nacional como referência na luta contra a desigualdade racial no Brasil, eh uma honra e um privilégio muito grande ter sido escolhido como representante da minha gente, do meu povo. E ao mesmo tempo, uma grande responsabilidade de ser voz para milhares de pessoas que olham pra mim orgulhosos de minha caminhada, e que veem em mim uma referência e uma esperança.  Deixo a frase minha que ficou marcada e viralizou na Tv e internet:“ É tempo de falar, de representar e existir. Porque lugar de negro é aonde ele quiser estar, não aonde disseram para ele ficar. “
Obrigado Vânia e ao grupo Folha da Manhã pelo convite!

Designer: Aldir Mata

Entrevista da Semana

Entrevista da semana

Dr. Gustavo Cunha Rodrigues – Médico

Perfil:

– Qual a sua formação profissional?

Sou médico formado pela FMC,  com residência médica em cirurgia geral e videolaparoscópica no Hospital Orêncio de Freitas/RJ. Além disso, possuo titulo de especialista em cirurgia pelo CBC/AMB, para o qual também se requer aprovação em prova específica. Sou membro do Colégio Brasileiro de Cirurgiões e da Sobracil- Sociedade Brasileira de Cirurgia Videolaparoscópica.

– Fale sobre a sua especialidade e sobre a sua área de atuação profissional. A cirurgia videolaparoscópica é utilizada em vários segmentos, tais como aparelho digestivo, ginecológica, cirurgia da endometriose e bariátrica. Em alguns casos a cirurgia deve ser feita pelo método tradicional, por ser inviável a videolaparoscopia, como por exemplo cirurgias de tireóide. Atuo em todas essas áreas. 

– Tem mais médico na família? Sim

– Você teve influência de alguém? Não. Lembro que desde criança sempre disse que queria ser médico.

– O lado bom e o lado ruim de ser médico. O lado bom é poder ajudar as pessoas a terem uma saude melhor. Sinceramente, não vejo um lado ruim.

– Quem é Gustavo? Sou um cara tímido, realizado, que valoriza a família e as amizades.

– Fale sobre sua família? Minha família é minha segurança, meu refúgio, meu propósito de vida. Sou casado há 14 anos e tenho 1 filha linda.

O que faz nas horas vagas? Depende. Gosto de ler artigos médicos atuais sobre a minha área de atuação, ou encontrar com amigos, ou ainda assistir a esportes na TV.

Bate-bola:

– Sem perdão – Falsidade
– Adoraria conhecer – Escócia
– Merece aplausos – A sinceridade
– Violento – Guerra
– Fato que te marcou – Nascimento da minha filha
– Família é…   Meu porto seguro
– Seu estilo  – Informal
– Miserável – É todo aquele que não pensa no próximo
– Cor preferida – Azul
– Surpresa agradável – Visita de amigos
– Te comove – Uma criança abandonada
– Fruta preferida – Caju
– Som que te acalma – Blues
– Motivo de alegria – Minha familia
– Estilo musical – Rock/Blues
– Ideal de vida – Buscar sempre ser um profissional melhor
– Perigo – A indiferença
– Inimigo – Ansiedade
– Mico que já pagou – Não danço bem
– Qual esporte que você pratica – No momento nenhum.
– Animal de estimação – Cachorro
– Time – Flamengo
– Ídolo – Zico
– Religião – Católica
– Deus – Uma força inexplicável
– Deixe uma mensagem: ’Sucesso é conseguir o que você quer. Felicidade é gostar do que você conseguiu.” ( Dale Carnegie)

Dr. Gustavo Cunha Rodrigues – Cirurgia Geral – Cirurgia Bariátrica – Cirurgia Videolaparoscopica CRM/RJ:5266201-1 (22)981111494 (22)30524617

Designer: Aldir Mata

Entrevista da Semana

Entrevista da semana

Edilane Marques – Nutricionista
Perfil:
– Qual a sua formação profissional?
Sou formada em nutrição (Estácio) e pós graduada em nutrição materno infantil (Unyleya). Desde abril faço nutrição materno infantil na prática, em São Paulo (GERAR) finalizando no início de Dezembro. Ano que vem começa a pós em Nutrição Funcional da Concepção à Adolescência (VP São Paulo).


– Faça um resumo sobre a sua trajetória profissional. Sempre amei a área da saúde, e vi na nutrição a base para se ter uma qualidade de vida e aplicar em mim a educação nutricional; sempre briguei com a balança. Fui uma criança “fofinha”, minha cultura era que criança feliz era criança que comia doce. Graças à Nutrição Materno Infantil consegui mudar muitos pensamentos como esse, criança precisa de amor e atenção. Fui me apaixonando pelo mundo materno infantil. Na graduação eu percebia o meu interesse ainda maior quando o assunto era gestacional e infantil. Quando finalizei a faculdade eu estava grávida, então vivi na prática esse mundo mágico. E quando chegou a hora da introdução alimentar do meu filho, meu Deus foi ainda mais encantador. Me joguei nos estudos e me atualizo muito. Amo Estudar!

– Sempre pensou em ser nutricionista ou alguém te influenciou?
Quando mais nova tinha vontade de ser pediatra, aquele sonho de criança e de usar branco rsrs…Mas aquela criança que brigava com a balança precisava da nutrição! E lá fui eu conhecer o poder dos alimentos, esse mundo corpo x alimento. 

– Quais as vantagens e desvantagens da profissão?
A vantagem é possibilitar que as pessoas tenham mais qualidade de vida e façam escolhas alimentares melhores. E que desde a pré-concepção (gestação) a nutrição se mostra fundamental.A desvantagem é a facilidade que se tem hoje em buscar informação pela internet e muitos já se sentirem capacitados para exercerem nosso papel. 

– Os pacientes estão mais conscientes e obedecem as suas recomendações?
Ao meu ponto de vista acredito que sim. O  público materno infantil tem crescido muito, e muitos já sabem que uma alimentação correta na gestação e infância será primordial para que essa criança se torne um adulto com mais qualidade de vida. 

– Você procura seguir o que você recomenda? Seja sincera, rsrs.
Procuro sim rsrs, não sou a que fala “faça o que eu digo mas não faça o que eu faço”.Acho que assim a gente consegue ser mais feliz e realizada na profissão, mostrando que é possível, ensinando como agir em cada fase e tendo equilíbrio. 

– Quem é Edilane?
Aquela que ama dar risada. Me considero alegre, sonhadora e de uma fé inabalável. Amo música; através dela consigo muitas vezes esquecer algo ruim. Sou muito graça a Deus pela minha família, tenho um filho alegre, saudável e cheio de energia. Um marido que não mede esforços para me ajudar, por acreditar em mim e embarcar nos meus maiores sonhos. 

– Fale sobre sua família.
Sou casada há sete anos, tenho um filho de dois anos e dois enteados maravilhosos, que desde o início me receberam de braços abertos.

– O que costuma fazer nas horas vagas?
Ficar com meu filho, sair com meu marido e com os amigos. 

Bate-bola:
– Sem noção – Julgar os outros

– Maldoso – Amizade por interesse

– Cor preferida branco

– Pessoa agradável A que sabe ser empática

– TV ou celular Celular

– Dor Qualquer maldade com criança me causa dor

– Desnecessário falsidade

– Irresistível A Educação

– Frustrante Desistir de um Sonho

– Tentação que não resiste Chocolate

– Dia ou noite Dia

– Mulher inteligente Minha Professora Karine Durães

Homem elegante Meu Marido

– Tem medo de Não ver meu filho crescer

– Estilo de vida Ser feliz

– Filme para assistir Comédia

Te deixa sem graça Chamar minha atenção na frente dos outros

– Teatro ou cinema Cinema

– Admirável O Respeito

– Perfume O cheirinho do cangote do meu filho

– Não acredita Em Política

– Lugar ideal para o descanso Praia

– Adora quando Sou surpreendida

Te faz rir Meu filho

– Religião Deus

Deus TUDO

– Deixe uma mensagem: 
“Conheça todas as teorias, domine todas as técnicas, mas ao tocar uma alma humana, seja apenas outra alma humana”.Que a área da saúde possa olhar o próximo com mais respeito e empatia.

Designer: Aldir Mata

Entrevista da Semana

Entrevista da semana

Dra. Cláudia Morisson, Carol Barreto e Dr. Pedro Bastos

Falem sobre suas formações profissionais.

Dr Pedro Bastos – Possuo graduação em Medicina pela Faculdade de Medicina de Campos (2009); formação em Neurologia pela Universidade Federal Fluminense (2013) e formação em Doppler Transcraniano pelo Hospital Quinta D´or (2014).

Ana Caroline Barreto – Possuo graduação em Administração/Contábil de empresa pela Universidade Candido Mendes (2013). Atuo em gerência de atendimento e supervisão desde 2009.

Claudia Marcia Morrison – Sou formada em Medicina pela UnigranRio e especializada em Dermatologia, também pela Unigranrio.

Como surgiu a ideia da Clínica La Vie? A Clínica LA VIE foi idealizada em 2014 com a intenção de agregar diversas especialidades médicas em uma mesma unidade de saúde. Com um ambiente acolhedor, o contato e a relação médico-paciente é a mais próxima possível. Hoje nossa equipe conta com mais de 10 médicos de diferentes especialidades. A proposta dos profissionais da Clínica La Vie é oferecer o mais elevado padrão médico, nas diferentes especialidades, em um ambiente bem estruturado e agradável.

Quais os serviços prestados pela Clínica? Trabalhamos com atendimento médico, temos o serviço de estética e terapia.

Quais os médicos que atendem na clínica e quais as suas especialidades? Hoje nossa clinica conta com as especialidades:

Dr Marcelo Paiva Queiroz – Gastroenteriologista

Rose Salomão e Tatiane Pires Vianna – Geriatra

Michelly Bicoock – Pediatra

Claudia Morrison – Dermatologista

Fatima Ribeiro – Dermatologista

Alexandre – Nutrólogo

Pedro Bastos – Neurologista

Laura Vieira – Nutricionista

Manuella Siqueira – Neuropediatra

Quais os convênios e formas de pagamento?

Atendimento pelo Ases convencional, Unimed e consultas particulares .

Alguma novidade para 2019? Ser reconhecida por colaboradores, parceiros, pacientes e no segmento onde atua como uma clínica médica referência na região, ampliando novas especialidades para proporcionar o que for de mais avançado e atual para nossos clientes.

Bate-bola:

Carol Barreto – Gestora Administrativa

Não gosta – Mentira

Não acredita – Que tudo acabou.

Música preferida – Todas

Dia ou noite – Dia

O que tira você do sério – Desrespeito

Amizade sincera – Mãe e filha

Momento atual – Novos desafios e novas metas

Merece aplausos – A determinação para se chegar a um objetivo e vencer.

Viagem por fazer – Para o exterior com a família.

Futuro – Conquistar novos objetivos ,novos desafios e ter a forca e a proteção da família sempre ao meu lado.

Religião – Evangélica

Deus – O pilar central da minha vida

Deixe uma mensagem – “Assim que você verdadeiramente se empenhar para que aconteça alguma coisa, o “como” vai aflorar por si mesmo.” (TONY ROBBINS)

 

Dr Pedro Bastos – Neurologista

Não gosta: De errar

Não acredita: Que não tem mais jeito

Musica: Samba

Dia ou noite: Noite

O que tira do serio: A ganância, em todas as suas facetas.

Amizade sincera: Meu irmão, sem duvidas.

Momento atual: De equilíbrio profissional, familiar, mental e físico.

Merece aplausos: Tenho apreço pelos que perseveram em seus sonhos. Geralmente são histórias das quais tento tirar motivação.

Viagem por fazer: Nenhuma  específica, mas tenho simpatia por lugares mais sossegados e com belezas naturais.

Futuro: A grande lógica da vida está exatamente em desconhece-lo.

Religião: Sou católico mas entendo as religiões como sendo meros modelos para a prática da boa relação entre as pessoas. O importante mesmo é buscar ser bom, justo, honesto e ter compaixão pelo próximo. Estes valores independem de religião.

Deus: Um guia. Tem que ser a referência de nossas atitudes.

Mensagem:  Viver é melhor que sonhar, por isso Eternize momentos.

 

Dra Claudia Morrison – Dermatologista

Não gosta – Pessoas mentirosas e falsas

Não acredita – Honestidade das pessoas

Música preferida – Todas, principalmente sertanejo.

Dia ou noite – Dia

Tira você do sério – Teimosia e desonestidade

Amizade sincera – Minha mãe

Momento atual – Muito trabalho, novos estudos e atualizações

Merece aplausos – Pessoas batalhadoras e perseverantes

Viagem por fazer – Los Angeles e Orlando em família

Futuro – Trabalho, mais saúde e viver em união em família

Religião – Espirita

Deus – Único, supremo.

Deixe uma mensagem: Só o riso, o amor e o prazer merecem revanche. O resto é mais que perda de tempo…é perda de vida. Chico Xavier

Designer: Aldir Mata

Entrevista da Semana

Entrevista da semana na Folha Estilo

Ana Luiza Ferraz Viana – Nutricionista Materno Infantil

PERFIL:

– Qual a sua formação profissional? Sou formada em Nutrição, com pós graduação em Nutrição Materno Infantil (atendimento da concepção à adolescência) pelo IPGS e faço atualmente pós graduação em Nutrição Clínica Funcional pela VP Consultoria.

– Em que momento a nutrição entrou na sua vida? Desde a infância, quando fui pela primeira vez a uma nutricionista; a minha mãe se preocupava com essa área. Além disso, todas as vezes que ia à pediatra e ela perguntava e falava alguns itens de alimentação era minha parte preferida. Por um tempo acreditei que gostaria de me tornar pediatra, mas depois entendi que a única parte que gostava de falar sobre a criança era a alimentação. Não tenho o dom de lidar diretamente com a doença, e me sinto muito realizada ao trabalhar com a parte da saúde que atua de forma preventiva, criando hábitos e não precisando refazê-los. Durante a adolescência a nutrição aparecia em meus testes vocacionais, e assim que abriu a primeira turma em Campos pedi permissão aos meus pais para fazer a faculdade mesmo estando cursando o 2º ano do ensino médio. Entrei na faculdade com 16 anos, determinada no que queria. Precisei inclusive de autorização judicial, o que consegui com a ajuda de Tio Ralph, seu marido.

– Fale sobre a área escolhida para atuação. A área materno infantil só cresce com o tempo; no mundo, no Brasil e na cidade. Minha vontade é que tenhamos cada vez mais profissionais capacitados e mais famílias sendo alcançadas. Seria ótimo se todos soubessem a diferença que a nutrição adequada desde a gestação (e até mesmo antes, com qualidade do óvulo e sêmen) faz na vida; diferença esta que vai dos primeiros anos até a vida adulta. Muitas doenças podem ser prevenidas desde a gestação, pois algumas pré disposições podem ser formadas nesse período e possuem impactam a curto e longo prazo. A forma como vivemos hoje, nossos hábitos de alimentação…, tudo isso influencia em nossa saúde e na fertilidade; há casais que possuem essa dificuldade e a má nutrição pode ser um dos muitos fatores que interferem. Durante a gestação, a epigenética (que são os fatores ambientais influenciando na genética) pode interferir em toda vida dessa criança. Os 2 primeiros anos são essenciais para formação de hábitos alimentares. Nossa relação com o alimento começa ainda no útero, quando o bebê ingere o líquido amniótico e sente o gosto do que a mãe consome; essa relação se estende para quando nasce e até mesmo quando, ainda na maternidade, todos comem ao seu redor. O sabor dos alimentos está no leite materno e são fundamentais os primeiros reais contatos físicos da relação alimentar. Nós comemos todos os dias, o dia inteiro; se essa relação não for saudável ela pode afetar muitas outras áreas da vida.

– Existe um momento específico para procurar o nutricionista? O melhor momento para procurar um nutricionista materno infantil é antes da gestação, pois podemos mudar hábitos e fazer a programação metabólica da gestação, potencializando ao máximo o desenvolvimento do futuro bebê. Mas caso isso não tenha sido feito, podemos procurar na gestação para uma alimentação equilibrada, ou próximo ao parto, para aprender sobre amamentação, ou ainda na introdução alimentar da criança. Por fim, o nutricionista pode e deve ser procurado em qualquer momento que houver necessidade.

– Qual o seu maior desafio como nutricionista? Acho que meu maior desafio como nutricionista é separar a Ana Luiza nutricionista da Ana Luiza que as pessoas não conhecem como nutricionista, e separar as duas da relação com os amigos e familiares… porque eu sempre me pego falando da nutrição, e como eu amo minha área (porque sempre amei criança e maternidade), me pego em todos os lugares falando disso às vezes. Sempre tem aquela mãe que me conhece e que dá um jeitinho de chegar até mim e tirar alguma dúvida. Quando chego a algum lugar eu já olho quem são os menores que estão ali e me deixo encantar por sua pureza e sinceridade.

– Como administra o seu dia a dia? 
Minha rotina é sempre diferente em cada dia, mas consigo ser organizada. Tenho um planner onde sempre anoto todas as atividades do mês em um calendário, e durante as semanas tenho uma rotina para cada dia. Por ser profissional autônoma, consigo trabalhar em mais de um lugar. Consigo dividir o consultório, o hospital com terapia nutricional, os pacientes domiciliares de home care e as escolas nas quais trabalho. Toda semana também tenho algum Workshop à noite com mães.

– Quem é Ana Luíza? Me considero uma pessoa essencialmente sonhadora, empática, com muito receio de machucar quem está próximo de mim; sou muito fiel às minhas poucas e verdadeiras amizades; busco tratar todo mundo que convivo com igualdade e tento, quando me surpreendo julgando a atitude do outro, me lembrar que tenho os meus erros e não tenho que medir alguém.

– Fale sobre sua família. Minha família é uma grande família onde o convívio diário ultrapassa a estrutura familiar padrão de pai, mãe e irmão. Convivemos diariamente avó, tios e primos. Isso é muito bom e me faz ter vontade de construir uma família grande também. Namoro há 7 anos, de forma que existe outra família que hoje já considero minha; participaram de muitas etapas da minha vida.

– O que faz nos momentos de folga? Nos momentos de descanso em casa sempre ouço música, vejo filme e conteúdos que gosto no youtube. Faço muita coisa com meu noivo; gosto de sair para restaurante, passear com a nossa cachorra e viajar. Temos amigos em comum e fazemos muitos programas juntos.

BATE-BOLA: 

 
– Não curte – Sentir calor
– Mania – Mexer no cabelo
– Som agradável – Cachoeira
– Futuro – Me casar e construir a minha família 
– Abominável – Maus tratos e abuso de crianças e animais
– Adorável – Empatia
– Miserável – Soberba
– Não faria em você – Tatuagem grande
– Exemplo admirável  – Jesus
– Irresistível – Ter uma viagem com meu noivo
– Doce preferido – Brigadeiro
– Cor preferida – Azul
– Parabéns – Para todas as pessoas que lutam em prol de causas
– Bebida – Suco de laranja
– Alimento preferido – Brócolis
– Maior sofrimento – Perder alguém 
– Se não fosse nutricionista seria… teria uma floricultura
– Dia ou noite – Dia
– O que mais te incomoda nas pessoas – Maldade
– Prato predileto – Macarrão com molho branco
– Palavra que não sai da sua boca – “Entendeu?”
– Detesta – Passar mal
– Religião – Evangélica
– Deus – Só Ele é Deus
– Deixe uma mensagem:. “Tenha sempre bons pensamentos porque os seus pensamentos se transformam em suas palavras. Tenha boas palavras porque as suas palavras se transformam em suas ações. Tenha boas ações porque as suas ações se transformam em seus hábitos. Tenha bons hábitos porque os seus hábitos se transformam em seus valores.

Tenha bons valores  porque os seus valores se transformam no seu próprio destino.”
(Mahatma Ghandi)

 

 Designer: Aldir Mata