Etiqueta

Etiqueta no namoro

Há boas maneiras para tudo na vida e por que não no namoro? A regra é​ a mesma: não faça aos outros o que não gostaria que fizessem com​ você. Respeite o espaço das pessoas e coloque limites em você mesmo. Com este princípio básico, tudo dá certo.

Zona de perigo

Tá sozinho e muito a fim de paquerar? Vá com calma para não​ parecer desesperado. Em qualquer relacionamento, no início tudo são​ flores. O problema está no depois. Quem é precipitado, não chega desconfiado e começa a aproximação com uma avaliação do possível​ parceiro, pode entrar em furadas. Saia antes como amigo, estude o​ comportamento da pessoa a dois, em grupo, em família. Isso pode te livrar de entrar numa enrascada. A princípio está tudo bem? Ent​ão mergulhe de cabeça e seja feliz.

Parceiro proibido

Vale tudo no amor? Não vale não, minha gente. Há situações em que​ namorar pode ser uma tremenda furada. Evite namorar com o colega​ de trabalho, com o ex da amiga, o ex da prima. O ex da irmã? Nem pensar! Tem muito homem e mulher sobrando nesse mundo. Calma​ que você vai achar um pra chamar de seu.

Aplicativos

Tem gente que acha que nos aplicativos só há gente querendo sexo.​ Será? Ou o problema está na forma como você se oferece na rede?​ Tente colocar roupas sérias, fotografias em família. Evite muita pele à exposição, biquínis e bumbuns à vista. Mordidinhas nos lábios, foto só​ do torax? Nãaaao. A probabilidade de atrair pessoas sérias será bem​ maior.

Ele mora sozinho

Se o boy mora só, deixe que ele dê o primeiro passo para te oferecer​ mais privacidade. Não vai se oferecendo pra passar a noite inteira,​ não apareça com uma escova de dentes nem peça uma gaveta para guardar suas roupas. O espaço é dele.

Ele mora com os pais

Se sua namorada mora na casa dos pais, o respeito que já deveria existir​ deve ser ainda maior. Telefonemas só das 8h às 22h. Evite chegar de​ surpresa. Evite aparecer na hora do almoço sem ser convidado. Controle
os carinhos e, principalmente, a sonoplastia no quarto. Nada te chamar os​ pais dela (e) de tio, ou tia.

Privacidade

Controle sua curiosidade. Não fique à procura de objetos nos bolsos. Não​ futuque carteiras, agendas, celulares. Não fique prestando atenção nas​ conversas ao telefone. Se não confia na pessoa, parta pra outra. Não é​ nada legal estar com quem não nos transmita segurança.

O que acharam da matéria da minha colaboradora Débora Batista?

Débora Batista

Escrito por Débora Batista

Jornalista especializada em Assessoria de Imprensa e Mídias Sociais. Também é Professora de Etiqueta e Apaixonada por Mesa Posta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *