Comportamento

Comportamento: me dá uma carona aí?

​Angélica ia de táxi. Mesmo em tempos de Uber, 99, Moby, bla bla car e​ tantas opções que a tecnologia proporciona, muita gente gosta mesmo é​ de ir de carona. Nada mal ser carona ou oferecer uma carona. Mas dá pra​ ser elegante ou bastante incoerente nestas horas. Quer ver só?

Nada de comidas e bebidas

Não é elegante comer andando pela rua ou dentro de um automóvel.​ Lugar de comer é à mesa. Se você está de carona, piorou. Jamais abra um​ pacote de biscoito ou uma garrafinha de refrigerantes quando estiver nesta situação.

Aquela empadinha que suja tudo e que deixa um cheirinho​ de camarão impregnado, nem pensar. Há pessoas que ficam bastante​ irritadas com esta atitude. Se tem crianças, não deixe que coloquem o pé​ no banco da frente.

Destino iguais

Em primeiro lugar, carona é mais para oferecer do que para pedir. Mas há​ exceções, claro, principalmente quando há muita intimidade e quando​ você sabe que o destino da pessoa é o mesmo que o seu.

Porém, é muito​ inconveniente alguém que mora no oposto de você, estar sempre pedindo​ uma “carona” para casa. Uma vez ou outra pode ser necessário. Mas​ quando vira rotina, corre o risco de se tornar uma pessoa evitável.

No portão

Se você é o motorista, nunca se esqueça que uma pessoa elegante não​ conhece esquina. Tem que pegar e deixar na porta de casa, sobretudo à​ noite. E esperar a pessoa abrir o portão para você seguir adiante. Se você​ é a carona, mande um zap perguntando se o outro chegou bem. É gentil.

Pontualidade

Oferecendo ou recebendo carona, seja pontual. Se você é carona, seja​ mais pontual ainda. É muito desagradável ter que esperar pela carona que​ nunca chega, principalmente em ruas movimentadas onde é impossível​ estacionar.

Mil pedidos

E aquela carona que te pede pra dar uma passadinha em vários lugares?​ Ou que ainda chega de surpresa com uma ou duas amigas que moram​ também em opostos? É para uma vez e nunca mais!

Atenção

P.S.​ Nunca pegue carona com estranhos. Não é por etiqueta. É por segurança!​ Não peça nem ofereça carona em carros oficiais. É ilegal. Não peça carona​ ao sexo oposto casado, pode gerar brigas.

Não atenda o celular em alto​ som nem peça pra mudar o som! Nunca! Use o cinto de segurança. Carona​ de moto sem capacete também não dá. Também não apareça com seu​ animalzinho sem avisar.

Débora Batista

Escrito por Débora Batista

Jornalista especializada em Assessoria de Imprensa e Mídias Sociais. Também é Professora de Etiqueta e Apaixonada por Mesa Posta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *