Estética

Sobre o meu preenchimento

​No mundo da estética o preenchimento virou uma febre. Depois que aparece aquele aspecto cansado é ideal que se lance mão dele, né?

Minha história

Bom, no post de hoje eu vou falar da minha história. Desde criança tive lábios muito pequenos. Na parte de cima então, quando eu sorria entrava totalmente e não aparecia nada 🙁 Confesso que por muitos anos isso foi um tormento pra mim. Entendia que era por causa da genética, porque minha mãe não tem nada, tadinha. Mas isso me deixava triste.

Só que com o tempo a tecnologia vai avançando e algumas soluções vão surgindo para você amenizar ou até mesmo acabar com uma questão que te incomoda. É claro que nada acontece em um passe de mágica. É demorado o processo. Você tem que está muto certa do que vai fazer e escolher bem o profissional que te passe essa segurança para que o resultado seja satisfatório.

Assim como o botox, levei tempo para decidir fazer, porque sempre tive medo de ficar com aquele aspecto artificial e plastificado que tenho visto em pessoas que erram a mão no tratamento.

Comigo foi aos poucos. O botox já faço há alguns anos (leia aqui), mas o preenchimento tem pouco tempo.
No meu caso foi assim: depois de bastante tempo fazendo o botox criei coragem, também depois de muita conversa com o médico Rodrigo Guimarães da Clínica Espaço Duo, fiz a primeira aplicação.

O preenchimento

Nas olheiras ficou um luxo logo de cara e na boca deu uma leve diferença, mas foi o suficiente para eu lançar mão dos batons com cores mais fortes um pouquinho, rsrs. Na segunda vez ficou melhor ainda; me senti. E agora na terceira ficou um espetáculo. Perfeita a harmonia dos lábios com o meu rosto.

É claro que contei com muita paciência e com o bom senso de Dr. Rodrigo neste momento. Fizemos as aplicações em várias etapas até os lábios ficarem como queríamos.

Resumindo, hoje estou mais feliz com o meu rosto, me sinto bem quando olho no espelho, me realizo usando batons vermelhos (que eu não usava de jeito nenhum quando não tinha lábios) e segura quando ouço das pessoas que estou com uma excelente aparência. Ouvi várias vezes amigos e pessoas do meu convívio que algo estava diferente em mim, mas que não sabiam dizer o que era. Isso é maravilhoso, porque mostra que você corrigiu sem exagerar e errar a mão.

Hoje que a boca desinchou, porque levam alguns dias, tá? Eu selecionei fotos desde quando tudo começou para vocês notarem a diferença.
Se você depois de ler o meu relato criou coragem, procure o seu médico de confiança e converse com ele sobre os seus medos e anseios. Isso não é vergonha ou fraqueza, é simplesmente um comportamento inteligente de quem não quer se arrepender depois 🙂

Na primeira foto sem preenchimento, na segunda com um pouquinho para experimentar e na terceira com mais um pouco
Com os médicos Rodrigo e Leonardo Guimarães da Espaço Duo

Clínica Espaço Duo – Rua Voluntários da Pátria, 500 – 1205 (22) 3026-3311