Etiqueta

Como usar o copo correto

​Olá, amigos. Vamos falar de mesa posta? Então o tema hoje são copos,​ taças e xícaras. Você sabe qual é o copo correto para cada tipo de bebida?​ E a xícara? Sabe como manuseá-los corretamente? Se não sabe, não tem​ problema. O Blog da Vânia vai te ensinar.

Copo de mesa

Há 5 copos considerados copos de mesa, pois servem para bebidas que​ acompanham as refeições. Eles são: taça de água (ou suco e refrigerante),​ taça de vinho tinto, taça de vinho branco e taça de licor. O licor pode ser​ ​servido na sala, mas há pessoas que preferem servi-lo à mesa, por isso, ele​ tanto pode ser usado na mesa como no bar. Aliás, os copos de mesa​ podem ser utilizados no bar, também.

Segurando taças

Seguramos as taças pela haste, nunca no corpo do copo, principalmente​ se o conteúdo for vinho. Isto porque a temperatura quentinha de nossa​ mão rapidamente aquece a bebida, que deve ser servida geladinha.

Copo de bar

Estes copos são usados apenas no bar pois não acompanham refeições,​ mas iscas. São utilizados para whisky, caipirinha, margherita, coquetéis de​ fruta, cachaças e muito mais.

Taças de Champagne

São duas taças: flute e cálice. A flute é estreita e alta, para preservar o​ borbulhar dos espumantes. Já o cálice, curto e largo, é ideal para quem​ prefere sentir o agradável aroma da bebia.

Xícaras

Essas são bastante conhecidas. Temos xícaras de chá (as maiores), as de​ café (as menores) e as de cappuccino (finas e compridinhas). Dê um jeito​ de baixar esse dedinho mindinho porque é deselegante coloca-lo para​ cima. Quem te contou que é chique te enganou. Se você vai tomar o​ cafezinho no sofá, não deixe o pires na mesa de apoio. Traga os dois juntos.

E aí, pessoal. O que acharam das dicas da professora de etiqueta Débora Batista?

Aguardo os comentários 🙂

Etiqueta

VAMOS FALAR DE MESA POSTA!

Olá, amigos! Aqui é a Débora Batista chegando mais uma vez no Blog da Vânia para conversar com você sobre Etiqueta e Mesa Posta. Fazer uma mesa bonita está na moda. E que moda gostosa! Sou apaixonada pelo tema há vários anos já e quero dividir algumas dicas com vocês.

O mercado hoje traz um leque de opções de capas de sousplats, jogos americanos, toalhas com estampas divertidas ou clássicas, talheres, louças e taças lindas. Não é disso que vou falar hoje. O que quero compartilhar aqui é o que deve e não deve ser feito na hora de montar a mesa. Vamos lá?

Não leve embalagens para a mesa

Tem pessoas que, para bem receber, vão à padaria mais gostosa da cidade e retornam cheias de guloseimas, com o maior carinho do mundo. Mas colocam tudo na mesa com plásticos e até com etiqueta de preço. Esta
não é a maneira elegante de servir. As lojas estão cheias de cestinhas de pão, potinhos de louça, vidro, de funny design… pra você colocar o que for necessário: biscoitos, bolos, manteigas, pastas, geleias etc.. Há produtos até que são vendidos em vidros bonitos e você pode mantê-los ali. Outros, no entanto, devem continuar na cozinha.

Tire os produtos da embalagem para levar à mesa. O pão pode ir em cestas ou tábuas.

Mesmo produtos comprados podem ganhar um toque caseiro. Decore bolos e pudins com caldas e frutas.

Levando objetos à mesa

Na hora de levar muitos copos à mesa de uma vez só, utilize uma bandeja. Nunca coloque os dedos dentro dos copos para ficar mais fácil carrega-los.

Retirando objetos da mesa

Nunca raspe os pratos com o garfo, concentrando a sujeira num deles. Isso é nojento de se fazer na frente dos convidados. Desde este serviço para a cozinha. O prato vai ficar sujo embaixo sim. Ele vai pra água,
mesmo.

Colheres e espátulas

Não deixe talheres dentro de xícaras, mas no pires sob elas. Não deixe talheres. O mesmo deve ser feito com relação ao pote da pasta. Preste atenção quando for a um restaurante self service. A comida é disposta em travessas e os talheres ficam em pratos à parte.

Não deixe a colher dentro da xícara.

Tanto a colher quanto o lixinho do chá e açúcar ficam no pires.

Restaurante correto é assim: talheres ficam em pratos, não ficam na
comida.

Etiqueta

Etiqueta e Mesa Posta

TÔ CHEGANDO!
Olá, amigos! A partir de hoje, semanalmente temos encontro no blogdavania.com dando dicas de etiqueta e mesa posta para o seu dia-a-dia. Sou graduada em Jornalismo e já atuei como professora em cursos de moda e também de hotelaria. Será um prazer dividir minha experiência com vocês. Sou graduada em Jornalismo e já atuei como professora em cursos de moda e também de hotelaria. Será um prazer dividir minha experiência com vocês.

Etiqueta não é frescura

Você sabe como nasceu a Etiqueta? Pois bem, essa senhora é idosa e veio de longe. As regras de etiqueta surgiram na França e tiveram seu momento máximo com o rei Luiz XIV, que construiu o castelo de
Versailles. Naquela época, para ter acesso ao rei ou a altas autoridades da corte e da família real, era preciso gastar um tempinho no pátio estudando um manual de protocolos a fim de aprender a como se
apresentar. E hoje? Essas normas ainda são necessárias? A Etiqueta social de hoje existe para entendermos que nosso espaço termina quando começa o espaço do próximo. É preciso respeitar limites para vivermos bem em sociedade, não acham?

Quando tudo mudou

As regras de Etiqueta eram repassadas de pais para filhos, na educação tradicional, do lar. Porém, com momentos como a revolução feminina e geração bicho-grilo, o mundo passou por uma necessidade de quebrar barreiras e conquistar liberdade. Eram regras demais que pareciam uma prisão para as pessoas da época. Quem não se recorda da personagem Kate, de Titanic, angustiada dentro de tantos padrões de comportamento? O mundo menos elitizado de Jack lhe parecia muito mais leve. Dessa forma, foram surgindo gerações sem tantos regramentos, até que os netos destes hippies sentiram o desejo de aprender o que seus pais não lhe ensinavam. Assim, os livros sobre o assunto que eram lançados logo se tornavam best-sellers (mais vendidos).

Entendendo limites

Como entender quando termina meu espaço e quando começa o do meu próximo? Vou te dar alguns exemplos simples:

1 – Coloque o som da música num volume em que você consiga ouvir. Ninguém precisa ter o seu gosto (ou desgosto) nem querer escutar aquele
CD na mesma hora em que você.

2 – Perfume é para quem te abraça sentir seu cheiro. Não precisa deixar cada espaço em que passa impregnado com aquela fragrância que você adora, mas pode fazer outras pessoas terem crise de espirro.

3 – Não abra ‘as asas’ e prepare o voo ao partir a carne no seu prato. Mantenha os braços pertos do corpo para não invadir o espaço do colega
ao lado.

4 – No ônibus, não leia o jornal abrindo tanto as páginas de forma a atropelar o vizinho. Aprenda a abrir o jornal com jeitinho, dobrando-o
adequadamente. Fica melhor para todos.

Sobre o que vamos abordar?

Neste espaço, teremos de tudo um pouco: dicas de estilo e postura, como ser hóspede e anfitriã, como arrumar a mesa, como usar os talheres e taças, como escolher o acompanhamento ideal para cada tipo de vinho, trajes para cada festa e muito mais.
Até a próxima!