Entrevista da Semana

Entrevista da semana na Folha Estilo

Cecília Ribeiro Gomes – Economista

Perfil:

– Qual a sua formação profissional? Sou Economista

– Fale sobre a sua área de atuação. Atualmente faço trabalhos comunitários, em regiões carentes.

– Faça um breve resumo da sua trajetória profissional. Empresária, Gerente da Fenorte, Secretária de Trabalho e Renda de 2009 a 2012. Vereadora de 2012 a 2016.

– O que é mais encantador na sua profissão? E o que te desanima? Desenvolver projetos de políticas públicas, voltadas ao desenvolvimento econômico e social é sempre muito bom. O que me deixa triste é que nem sempre consigo colocar tudo em prática.

– Defina Cecília. Uma pessoa determinada, persistente e humilde.

– E a sua família? Família é tudo. Tenho três filhos: Bianca, José e Lucas. Presente de Deus! Razão de seguir em frente, buscando um mundo melhor.

– Como costumam ser os seus momentos de folga? Adoro a vida ao ar livre. Um bom livro, filme, estar com meus amigos e brincar com meus filhos de quatro patas: Julieta e Sofia!

Bate-bola:

Não te convence – Falsidade.
Bacana – Gentileza.
Mulher elegante – Lia Miriam e Suzana Ferreira Paes. ( Não consigo escolher rsrsrs )
Adora ler – Romance e Mistério.
Doce que não resiste – Chocolate 
Infeliz – É quem nunca conheceu o amor.
Perfume – Flower By Flower da Kenzo.
Não acho graça – Humor preconceituoso.
Um bichinho de estimação – Cachorro 
Não bebe – Bebidas fortes.
Sonho de consumo – Viagem a Dubai. 
Brasil – Melhor País do Mundo.
Te emociona – Criança e velho sofrendo.
Estilo de música – MPB e sertanejo.
Eficiente – Pontual.
Te assusta – Violência. 
Programa de TV preferido – Séries e filmes de ação.
Religião – Católica.
Deus – Tudo.
Deixe uma mensagem – “Aprendi que é com as grandes perdas que descobrimos a verdadeira força que existe em nós mesmos“.

Entrevista da Semana

Entrevista da semana na Folha Estilo

Marcelo Braz Peixoto – Empresário

Perfil:

– Qual a sua formação profissional? Empresário, proprietário do Hot Pizza Club e do Hot Pizza Club Family.

– Faça um breve resumo sobre a sua trajetória profissional. Comecei minha trajetória em empresas multinacionais no segmento de materiais de construção.  Entrei no ramo de alimentação e entretenimento por acaso e cá estou há 14 anos de muita persistência e resiliência.

– Está fácil ser Empresário nos dias de hoje? Não. Na verdade está muito difícil. Ser empresário no Brasil e especialmente em Campos, é um desafio diário. Precisa ser resiliente se não desiste. Sinceramente não sei o que acontece na nossa cidade!

– O que precisa ser melhorado? A maneira de se fazer política, para atrair investimentos e gerar empregos e renda.

– O que mais te realiza em sua profissão?
É saber que levo entretenimento e lazer às pessoas e do meu trabalho tiro o sustento dos meus filhos e ajudo as 17 famílias dos meus colaboradores que hoje trabalham comigo.

– Como administra o seu dia? Meu dia começa cedo com o abastecimento das casas e termina tarde da noite após o fechamento. No meio dessa rotina vem as atividades dos filhos, academia e atenção à namorada.

– Quem é Marcelo? Um cara de hábitos simples que trabalha 7 dias por semana, feriados e  vive para a família. Uma pessoa que tem muitos defeitos e muitas virtudes. Meus defeitos, talvez afaste um monte de gente, mas pelo menos quem fica ao meu lado gosta de mim pelo que sou. E a vida é assim, decepção com uns e surpresas positivas com outros.   

– Fale sobre a sua família. Minha família hoje é pequena. Minha mãe com 76 anos ainda é muito ativa e presente na minha vida.  Meus dois filhos Matheus e Gabriela que me fazem acordar e ter objetivos. E  minha namorada Luciana, minha companheira que alegra meu coração.  

– O que faz nos momentos de folga? Tenho hábitos simples. Gosto de ir ao cinema, de ir à praia, mergulhar e viajar com a namorada. Preciso estar perto da água;  é onde recarrego minhas forças.

Bate-bola:

– Te Faz chorar – Quase nada. Mas choraria se visse um filho ou minha mãe em dificuldades.
– Comida preferida – Massas
– Ser feliz é… Viver uma vida simples ao lado de pessoas que eu amo. 
– Time – Vasco
– Jamais faria em você – Pearcing
– Hobby – Mergulho
– Filme que já assistiu varias vezes- Gladiador ¨Meu nome é Maximus Décimus Merídios¨  
– Não usa- De falsidade. Falo na lata !!!
– Estilo musical- Rock anos 80 e 90
– Sente falta – Do meu pai
– Não gosta de…Política
– Mico que já pagou –  Pago até hoje: sou péssimo em guardar nomes. Vivo chamando as pessoas de nome errado.
– Melhor recompensa – Meus filhos Gabriela e Matheus
– Tem medo – De morrer antes de criar meus filhos
– Não acredita – Em político
– Ingratidão – Tá presente na minha vida em algumas pessoas com quem convivi.
– Exemplo de solidariedade – Minha mãe
– Doce predileto – Pudim de leite
– Sua cara metade – Espero já ter encontrado pois o passado foi só fake.     
Decepção- Só tive uma na vida. O resto foi só chateação.
– Meta – Continuar expandindo minhas empresas 
– Te encanta – A inocência dos meus filhos
– Gostaria de saber fazer – Gostaria de saber pilotar aeronaves. Um sonho que comecei e não pude terminar.  
– Perfume – One Milion
– Religião – Católica
– Deus – É tudo. Sem ele já teria desistido. A vida é muita provação.
– Deixe uma mensagem: ¨Ame como se fosse morrer,  demonstre seu amor hoje, como se estivesse numa despedida. Não adie o amor, o olhar bom, o abraço, a boa palavra, o beijo…Não desperdice o tempo como se ele fosse infinito.¨

Fotos: Fernando Cerqueira

Entrevista da Semana

Entrevista da semana na Folha Estilo

Dra. Manoela Luiza Alves Rabello – Dentista 

– Qual a sua formação profissional?
Cirurgiã Dentista, especialista em Implantes Dentários / Ortodontia / Harmonização Orofacial. Proprietária da Clínica Revitalize Odontologia. 

– Por que escolheu ser dentista?
Sempre me interessei pela área da saúde, principalmente pela odontologia; poder contribuir para o bem estar e poder transformar sorrisos não tem preço. 

– Fale sobre a área escolhida e o por quê da escolha.
Atualmente atuo com a Especialidade de Ortodontia e Harmonização Orofacial. 
Gosto bastante da área da estética dental e facial.

– Com uma grande concorrência no mercado, o que faz para fidelizar os seus pacientes?
Para fidelizar meus pacientes prezo pela pontualidade nos meus atendimentos e transparência quando faço avaliações para inícios de tratamentos.

– Fale sobre a sua família.
Sou casada com Eduardo Pedra Ferreira Filho; ele é Engenheiro mas atualmente trabalha no comércio. Estamos casados há 1 ano e meio. Nos conhecemos através de amigos em comum e estamos juntos há 8 anos.

– O que costuma fazer nas horas vagas?
Nas horas vagas costumo cuidar de mim;  vou ao salão, academia, estudo e saio pra passear com meu marido. 

Bate-bola:

–  Sem graça: Desrespeito 
– Qual outra profissão gostaria de ter? Nutricionista 
– Som que te acalma: Los Hermanos 
– Tira do sério: Falta de organização 
– Trauma: Assalto
– Não assiste na TV: Filmes de terror
– Família: meu bem maior
– Adora fazer em casa: arrumar a casa para receber os amigos
– Teme: Violência 
– Não vê solução: para a criminalidade .
– Cor preferida: Rosa marsalla
– Para te conquistar é preciso: ter simpatia e humildade.
– Filme que pretende assistir: Kardec 
– Mania: de arrumação 
– O que te faz chorar: saudade e injustiças 
– Decepção: Corrupção 
– Saudades: da época da faculdade
– Como gosta de ser chamada: Manu
– Estilo de vida: Evoluir sempre 
– Não falta na bolsa: Batom
– Assustador: realidade da saúde pública 
– Ilegal: o que os políticos estão fazendo com o Brasil
– Religião: Católica
– Deus: meu guia

Fotos: Gabriel Farhat

Entrevista da Semana

Entrevista da semana na Folha Estilo

Dr. João Paulo Sá Granja de Abreu – Advogado

Perfil:

– Qual a sua formação profissional? Sou formado em direito, especialista em Direito Empresarial.

– Resuma a sua história profissional: Após me formar, comecei a lecionar na Universidade Candido Mendes e Estácio de Sá, as matérias de processo civil, processo penal e direito penal. Ao mesmo tempo, constituí, em parceria com meu pai, um escritório de Advocacia, que foi se estruturando e hoje conta com uma das melhores equipes e estrutura da região

– O que fez você decidir se tornar um advogado? Desde os doze anos, acompanhava meu pai, que era juiz da 2ª Vara Criminal de Campos, ao Fórum. Como sabia digitar à máquina, os meus intervalos do colégio eram dedicados a substituir as férias do digitador da serventia. Com isso, fui me afeiçoando à carreira e decidi por segui-la. A paixão pela advocacia surgiu durante a faculdade, conduzido pelo professor Luis Jorge Tinoco Fontoura.

– Qual a sua área de atuação? Meu escritório atua nas áreas cível, criminal, trabalhista, previdenciária eleitoral e fiscal.

– Quais foram as dificuldades e as conquistas que mais marcaram ao longo do seu caminho? A minha carreira foi marcada por grandes desafios. Desde o início da docência, aos 23 anos de idade, passando pela assunção da Procuradoria Legislativa da Câmara Municipal de Campos dos Goytacazes e, depois, da Câmara de São João da Barra, vindo hoje a assessorar a Prefeitura de São Francisco de Itabapoana. Após quase duas décadas de advocacia, conquistei o respeito de muitos clientes, sendo referência por contar com a confiança de grandes empresários, políticos e grupos econômicos de destaque no âmbito municipal e no Estado do Rio de Janeiro.

– Qual o melhor conselho profissional que te deram? A sempre buscar fazer meu melhor, independentemente do tamanho do desafio a ser enfrentado. Essa é a lógica que sempre norteou meu atuar profissional.

– Quem é João Paulo? Sou alguém com quem sempre se pode contar. Fico feliz em poder ser útil e ajudar quem precisa. Amo minha família e estar junto deles. Realizo-me advogando e buscando defender os interesses a mim confiados.

– Fale sobre sua família. Minha sustentação é a minha família. Sou casado com Cristina há treze anos e com ela tenho três filhos, Maria Luisa, Melissa e Enrico, e um filho de coração, Eduardo. Ao lado da minha mãe, Hercília, e meus irmãos, Junior, Fernanda e Maria Stella, conferem sentido ao meu atuar diário e referência à minha vida.

– O que faz nos momentos de folga? Meus momentos de lazer são dedicados exclusivamente à minha família. Gosto muito de ir ao cinema, o que faço pelo menos uma vez por semana. Gosto de viajar, passear e estar com os amigos.

Bate-bola:

– Apaixonante: ver os filhos crescendo
– Som que te agrada: MPB
– Lembrança agradável da infância: Centro Educacional Nossa Senhora Auxiliadora
– Elogio que gosta de receber: qualidade das peças jurídicas produzidas
– Inseparável: meu travesseiro
– Lazer: viajar
– Bebida preferida: cerveja
– Realização: constituir uma família
– Exemplo de pessoa: meu pai, Elvio Antonio Granja de Abreu
– Não dorme sem antes: dar um beijo nos filhos e rezar
– Emoção: nascimento de cada um dos meus filhos
– Time: Corinthians
– Tem medo: de desapontar as pessoas
– Campos: cidade que me adotou
– Adora fazer: ir ao cinema
– Palavra mágica: por favor e obrigado
– Não tem cura: a quebra da confiança
– Não faria: tergiversar meus valores
– Não perdoa: falta de educação
– Religião: católico
– Deus: sentido da vida
– Deixe uma mensagem: Não se desvirtue dos seus valores, mesmo que aos olhos dos outros possam parecer simples e banais

Fotos: Fernando Cerqueira e Arquivo de família

Entrevista da Semana

Entrevista da semana na Folha Estilo

Dra. Jéssica Nascimento – Médica

Perfil:

– Qual a sua formação profissional? Sou Médica, residente de Pediatria no Hospital Plantadores de
Cana.

– Fale sobre a sua área de atuação profissional. Estou no último ano da residência em pediatria, especialidade médica dedicada à assistência à criança e ao adolescente. No momento trabalho com adultos e crianças. Mas sem dúvida o que mais me encanta são as crianças; elas são especiais. Pretendo fazer R3/R4, me aprimorar cada vez mais para melhor assistir meus pacientes.

– Como foi a escolha pela Medicina? Sempre quis ser médica. O caminho não foi nada fácil, foram 6
(seis) anos de muita dedicação, muita entrega, muitos finais de semanas estudando, muitas festas
perdidas, onde tudo se tornava ainda mais intenso, mas valeu a pena.  

– Ser médica te realiza como profissional e como pessoa? Sim. Como profissional eu digo que escolhi uma profissão prazerosa, que é o contato direto com pessoas, cada uma diferente da outra. Sabemos que não existe nada mais importante que a vida, por isso trabalhamos para preservá-la.  Muitas vezes é frustrante trabalhar no SUS. Sem dúvida os pontos positivos em fazer o que se ama sobressaem e é o que te faz vibrar todos os dias. 

 O que tem a dizer para quem quer seguir a profissão? Tem que ter vocação, perseverança e resiliência. Deve seguir a profissão com dedicação, ser realmente um profissional satisfeito pelo que faz. Ter perseverança na profissão para não desistir e superar os obstáculos que surgirem. Ter resiliência, estar emocionalmente preparado para sair de um fracasso e adquirir novas conquistas.    

– Quem é Jéssica? Cumpridora de seus deveres, responsável, motivada, inspirada e dona de uma
energia ímpar.

– Fale sobre sua família. A família é um dos pilares da vida, sem ela você fica sem destino, é como se fosse um barco à deriva em alto mar, sem rumo e sem direção. Sou solteira e moro com meus pais. Tenho dois irmãos (Júlio Cezar e Vinícius) e dois sobrinhos lindos (Pedro Henrique e Carlos Henrique). O Carlos é meu afilhado e agora estamos esperando a chegada de Mariana, a terceira sobrinha, que também será minha afilhada! Não tenho filhos mas quero ter.   

O que faz nas horas vagas? Nas horas vagas gosto de ficar com minha família e/ou amigos.

Bate-bola:

– Melhor presente: Educação
– Quem deu: Meus pais 
– Família: É a base, quem tem família tem tudo. 
– Abominável: Preconceito
– Adorável: Nossa Senhora Aparecida
– Cheiro bom: Cheirinho de bebê
– Não curte: Gente mesquinha e hipócrita; querer mostrar e ser o que não é.
– Te faz parar: Pessoas humildes, sem estudos mas com sabedoria de vida.
– Som agradável: Depende do ambiente
– Não concorda: Que a má gestão das cidades atrapalhe o sistema de saúde. 
– Exemplo a ser seguido: Dos meus pais
– Miserável: Pessoas Egoístas
– Irresistível: Pessoas Bem humoradas
– Tira você do sério: Interesse 
– Merece parabéns: Meus pais 
– Bebida preferida: Pina Colada
– Alimento que não come: Giló
– Mania chata: Falar demais
– Piscina ou mar: Mar 
– Nota dez: A tudo que se faz com amor.  
– O que mais te incomoda nas pessoas: Pessoas desmotivadas, com falta de coragem para ir em busca dos objetivos.
– Prato que adora e sabe fazer: Carbonara 
– Palavra que não sai da sua boca: Obrigada
– Maior mentira que já ouviu: Pode contar comigo
– Religião: Católica 
– Deus: Deus é amor.
– Deixe uma mensagem: Não catives o que não pretendes e o que não pode cultivar.