Etiqueta

Como se comportar no dia a dia

​Olá amigos do Blog da Vânia. Hoje vamos falar de etiqueta social nas ruas. Quando você estiver andando por aí, esbarrando em pessoas, lembre-se de que não é o dono do mundo e respeite os espaços. Limite-se ao seu e tudo dará certo, ok?

No ônibus ou metrô

No interior do Brasil é um pouco questão de classe social. Nem todos andam de ônibus mas estudantes de muitas camadas da sociedade costumam andar. Nos grandes centros, é mais comum que as pessoas deixem o automóvel em casa e se aventurem nos coletivos. Quando estiver em um deles, mesmo no metrô, lembre-se que a vaga sentado é preferencial de idosos e mulheres. Quem disfarça olhando para a janela o tempo inteiro é deselegante sim.

Outra etiqueta para os coletivos é a respeito da Comunicação. Fale ao telefone apenas em tom de voz bastante baixo. Se estiver em viagem, apenas de recados ou utilize as teclas do whatsapp. Falar incomoda os demais passageiros. Se vai ler um jornal, não o abra inteiro, invadindo o colega da cadeira ao lado. Aprenda a dobrar bastante o periódico até que ele fique apenas no espaço do seu colo.

Taxi

O lugar de sentar no táxi é no banco de trás, no lado oposto ao do motorista. Desta forma a comunicação fica facilitada e a visibilidade entre passageiro e taxista é muito melhor. Se for um casal, o homem deve sentar nesta posição. Se houver lotação completa, preferencialmente um homem ocupa o banco da frente.

No elevador

Não se apresse para entrar no elevador quando as portas se abrirem. Lembre-se que provavelmente alguém irá sair dele. Se entrar e já encontrar outras pessoas ali, dê um cumprimento geral. Quem já está ali deve dar um passinho para trás, para que todos se acomodem bem. É tão óbvio mas podem acreditar: parece que metade das pessoas não fazem isso e ficam olhando pro teto.

Em calçadas ou corredores de lojas e supermercados

Quando encontrar amigos na rua ou numa loja e a conversa esticar, procurem um canto para ficarem. É horrível quando grupos se sentem o dono da calçada ou do corredor e não deixam ninguém passar por ali. Atenção, homens… vocês sempre próximo à rua. Mulheres próximas aos prédios, por proteção. O mesmo vale para crianças e idosos.

Comer na rua

Nem pensar! Sair andando apressado comendo dentro de saquinhos não é nada elegante. Vai que esbarra em alguém e tudo cai no chão? E o pior… se alguém derrama o refrigerante na sua roupa? Nas empresas, é legal ter um refeitório. Se não há, combine com aquele colega que tem uma sala reservada e não atende ao público para almoçar por ali. Nunca almoce em atendimento.

Subindo e descendo escadas

Mulheres sobem na frente. E descem atrás dos cavalheiros. O motivo é bem simples: o homem deve servir de apoio, para evitar algum deslize, escorregão, ou mesmo, para que a auxiliem com seus sapatos de salto.

E aí, pessoal. O que acharam deste post?

Beijinhos e até a próxima!