Moda

Chique em qualquer momento

Para ser chique, não precisa muito! Ser chique é, acima de tudo, ter uma consciência da moda, vestindo aquilo que lhe cai bem, sem a ditadura de um “modismo” que nem sempre condiz com sua personalidade, seu estilo e até com seu gosto.
Vestir-se bem é sentir-se bem com a roupa que você carrega, estar feliz e de bem com o espelho, olhar-se e dar um “ok!” para você mesma.. Do “jeans” à festa, você pode fazer uma viagem pelo mundo da moda, seguindo com pouco e com peças básicas, “looks” sensacionais que deixarão você, linda, invejada, e extremamente admirada!
Vamos mostrar básicos e esportivos com classe, beleza e conforto:

Agora, vamos sofisticar um pouco mais! Quem sabe, uma reunião e encontro de amigos, um aniversário mais sofisticado, um desfile de modas, um coquetel ou até mesmo, um casamento pela manhã, ou no máximo até às 16 horas! Vamos lá, então :

Como podem verificar acima , o poá, as listras, os geométricos estão em alta. Estampados também, mas cuidado com eles! Muito grandes, pesados e com cores que nem sempre combinam harmoniosamente, podem deixar você pesada também. Eu se precisar sugiro estampas suaves ou nos tons terrosos. São lindos e já aos caem de moda!

Finalmente te, vamos mostrar o “glamour”, os bordados e sofisticação, mas sempre com muita beleza e classe. Mesmo que algumas peças sejam apenas teste, nossa proposta hoje é mostrar o luxo em toda a sua grandeza! Preparadas? Então, sentem, respirem fundo, porque o “glamour” vai entrar em cena.

Foi uma matéria feita com muito carinho, e as roupas são deslumbrantes.
Espero que gostem e aproveitem dicas, sugestões e modelos.
Fiquem lindas em qualquer momento do dia ou da noite, basta levar a roupa que tem o seu estilo!
Até a próxima, um beijo e que Deus olhe pelo nosso país!
As fotos são de pesquisa e divulgação. Apenas algumas são da BACCARAT, de minha propriedade.Será um prazer recebê-las. Temos preço muito bom, qualidade e beleza. Ah, não falta carinho e bom atendimento. Até!

Por GILDA WAGNER, empresária da Moda e proprietária da LOJA BACCARAT.

Moda

VOCÊ GOSTA DE ROXO?

Você gosta da cor roxa? A princípio, achamos uma cor que lembra morte, tristeza, luto, funeral. É ou não é? Eu, particularmente acho linda a cor. Só não gosto daquele “roxo caixão”, que parece com aqueles tecidos que cobrem os Santos das Igrejas Católicas por época da Semana Santa. Aquele tom é muito triste, e tem tudo a ver com a proposta católica, afinal, é a semana da Paixão e Morte de Cristo.

O roxo que eu amo, acho chique demais, é um roxo mais aberto, forte, sofisticado! Seria o roxo violeta! Acho lindo! Tem também outras denominações, tais como roxo batata e o famoso roxo beringela. Vou mostrar algum exemplo desse roxo maravilhoso:

O roxo, quando bem explorado, ele pode transformar a mulher na presença mais olhada e mais elegante da festa. Uma roupa de festa bem talhada, com aquele caimento, chique e quando se tem estilo para levá-la, faz da cor roxa a cor da sofisticação e da exuberância. Vamos a fotos :

Mostramos variações do tom e todo o seu esplendor! Lindos, não?
Os acessórios em roxo também são extremamente sofisticado aços e lindos! Eles dão, muitas vezes, um acabamento perfeito a roupas clássicas e finas, conceituando os trajes como perfeitos!
Vejamos:

Quando deve os usar o roxo? É uma cor sozinha, mais para Outono-inverno que qualquer outra Estação. Mas…, se você resolve misturar a cor com outras cores mais abertas,  aos claras e mais vivas da PRIMAVERA-VERÃO, ela irá se encaixar como uma luva e ficará lindamente conjugada à outra cor. Por exemplo: se você estiver toda de mude ou off-white  e complementar com um colar tipo torço em contas rosé, lilás e roxo forte, você dá um”up” no visual maravilhoso!
Uma mulle ou escarpins no tom roxo, dependendo do local ou horário, também ficam maravilhosos!

O roxo também fica lindo com amarelo, com pistache, verde-limão, rosé e até com o pink .

Acho mesmo, que a cor roxa exige mais personalidade e estilo da mulher, do que propriamente de gosto ou de modismo.
Usar ou não usar? Eis a questão! Use e arrase!
Com fotos de minhas pesquisas, vou mostrar alguns lindos modelos, alguns bem exóticos, mas todos de “cair o queixo”. Vejam se aprovam:

E assim terminamos nossa matéria dessa semana, desejando que vocês tenham gostado e estaremos juntos na semana que vem, se Deus quiser. Ah, e não se esqueçam: votem com consciência, com maturidade e muita, muita responsabilidade. Nosso país precisa de nós e o voto é a única maneira que temos de tentar melhorar os rumos do nosso Brasil! Votemos pelo  Brasil, votemos por nossos filhos e netos, pensando que se não for agora, talvez nunca mais teremos um país com o qual sonhamos ou uma outra oportunidade igual a essa. Deus nos ajude, Nossa Senhora Aparecida interceda por nós. Amém!

Matéria de GILDA WAGNER, empresária da moda e proprietária da loja BACCARAT.

Moda

SAPATEANDO

Possuo amigos e clientes que adoram moda, são muito chiques e elegantes, adoram tanto roupas como sapatos, mas têm algumas dúvidas na hora de calçar o calçado certo para determinadas roupas, determinados horários e determinados eventos.

Uma das coisas mais comuns é a pergunta: posso usar “escarpins”com calça” legging”? E com bermudinhas ? E a resposta é sempre a mesma: VOCÊ PODE TUDO, CONTANTO QUE NÃO FIQUE VULGAR! Se usar uma “legging”, use uma blusa ou camisa que tape bastante seus quadris; se for uma bermuda, não a use muito curta e veja se duas pernas estão em condições de serem mostradas! Pernas grossas ou finas demais, merecem ficar mais escondidas; pernas com algum defeito que chame atenção, como manchas, varizes etc também pedem um certo cuidado ao mostrá-las. Na realidade, a gente só deve mostrar o que está em dia, bonito, ou, quando “está tudo em cima”!
A tendência para o vulgar está muito acentuada! A mulher sente uma necessidade enorme de se mostrar! Só que, muitas vezes, ela mostra o que era para ser escondido ou tapado.
Os pés necessitam de cuidados permanentes.
Você pode estar simplesmente vestida, mas é o seu pé que vai dizer se você está realmente bem!

Da sandália ao salto mais fino e mais alto, é esse o complemento que definirá o seu visual como um todo. Calce certo e você estará muito bem para qualquer ocasião. Os pés comandam o resto do corpo! Uma mulher que se preocupar com os seus pés e calçados, ela é uma mulher que dificilmente errará com sua roupa. Vou mostrar fotos de pesquisa e divulgação com todos os tipos de sapatos que a gente adora, uns mais, outros menos sofisticados, uns audaciosos, outros extremamente chiques.
Deliciem-se e depois me contem.

Gostaram? Eu amei! Boa semana, meu carinho e obrigada pela atenção de todos vocês! “Au revoir”.

Obs.: As fotos são de pesquisa para a divulgação da matéria.

Por GILDA WAGNER, empresária da moda e proprietária da LOJA BACCARAT.

Moda

VAMOS COMBINAR?

Vamos combinar ou, nem tanto? É que combinar é lindo, é essencial, é chique, mas não é fundamental! Não é mais! Desconstruir a moda , já falamos sobre isso em outras matérias, sou totalmente contra! Mas, a ditadura da Moda, o combinadinho, o corretinho, isso é bobagem!
Você não agredindo, não ” forçando a barra” com uma certa loucura, respeitando as regras principais da Moda, está tudo bem!

Como todos sabem , trabalho há tempos com a malha da AMARRAS, considerada uma das mais finas e melhores do país que junto com a HELÔ PINHEIRO, fazem uma roupa linda, confortável, atualizada e , acima de tudo, fazem Moda, no seu mais sério e verdadeiro conceito!
Nessa Primavera-Verão elas trouxeram uma roupa que está fazendo o maior sucesso na minha loja e eu vou mostrar para vocês , em fotos dos meus catálogos, um pouco dessa beleza:

Nossa roupa é essencialmente a casual chique! É a roupa prática, moderna, caimento perfeito, aquela roupa que a mulher atual pode sair de casa para trabalhar e, de repente, emendar um fim de noite numa reunião íntima, num barzinho com amigos, num “happy hour” merecido!

Vamos mostrar mais algumas fotos para que vocês entendam que combinar é isso: é estar bem em qualquer momento, em qualquer situação, em qualquer circunstância.

E por último, vou postar minhas vitrines de hoje, com variedades de marcas, roupas lindas, combinando o estilo com a qualidade e bom gosto, quesitos essenciais para você ficar feliz ao sair da nossa loja, a BACCARAT.

É isso aí, muita roupa linda esperando por vocês, com o nosso carinho de sempre! Até a próxima semana, um beijo.

Matéria de GILDA WAGNER – empresária da moda e proprietária da LOJA BACCARAT.

Moda

CALÇAS – QUEM NÃO ADORA?!

O assunto hoje interessa a todas as mulheres da face da terra! Vamos falar de CALÇAS, a maior brecha em termos de feminismo que as mulheres conquistaram, a parti , principalmente, da terceira ou quarta década do século XX. E depois disso, nunca mais abandonaram as calças compridas, antes uma exclusividade masculina .

A calça masculina com talhos femininos foi incorporada ao mundo da Moda através de mulheres à frente do seu tempo, que já avistavam a necessidade da luta pela emancipação feminina, principalmente, no pós guerra, quando uma grande maioria delas teve que ir à luta para criarem sozinhas seus filhos. Essa mudança de hábitos,  necessidades e valores, influenciou  não somente o mundo da moda, pois havia necessidade de se criar uma roupa adequada para mulheres ocuparem cargos antes somente ocupados por homens, como no mundo econômico- financeiro, onde mulheres passaram  a ser mais ouvidas e respeitadas, tamanha a sua eficiência à frente de seus cargos e ocupações.

E assim , foram surgindo as calças compridas e a mulher galgando dia após dia seus espaços, com muito talento, inteligência e, acima de tudo, garra e luta!

Reservei  para vocês algumas fotos de  pesquisa. Vamos mostrar a calça clássica de alfaiataria, a que nunca sai de moda e que deixa a mulher sempre  elegantemente vestida:

Elas são, na sua maioria, mais soltas, embora dependa muito do gosto e do corpo da mulher. Geralmente vêm acompanhadas de bolsos laterais e preguinhas na frente (outras não, são lisinhas!)

As calças, já há muito tempo, estão mostrando todo o pé. Elas são curtas até o tornozelo e mostram os sapatos!  Vamos a outros exemplos:

A “pantacourt” é uma calça que chegou há relativamente pouco tempo, mas caiu no agrado da maioria das mulheres. Não use caso não lhe agrade ou não faça o seu estilo! Porque a gente leva bem aquilo que gosta e aquilo que tem tudo a ver com a nossa personalidade Por isso eu insisto em dizer : os modismos passam; a moda fica.
Vou exemplificar:

E, para terminar, vamos falar da tão tradicional e maravilhosa calça “jeans”, que de e ser bem confortável, macia, com corte e caimento perfeitos. Falar de calça ” jeans” é falar de moda universal. Vocês vão gostar dos exemplos que vamos mostrar! Tirem muitas ideias e aproveitem as dicas para os momentos mais diferentes para a sua vida.

Até a próxima e muito obrigada pelos bons comentários e  elogios às minhas matérias para o blog da minha querida Vânia Carvalho.  Beijos

Gilda Wagner, empresária de Moda e proprietária da loja BACCARAT.