Viagens

Hotéis só para maiores

Alguns empresários apostaram na ideia e no conceito de que há momentos nos quais tudo o que o hóspede quer é paz, tranquilidade, sossego e nenhum alvoroço típico de criança. A privacidade e o aconchego para um fim de semana a dois é turbinada com atrativos como menu de massagens, pacote de núpcias, banhos terapêuticos, lareiras, camas king sizes, recepções exclusivas com vinhos e tábuas de frios, piscina privativa, café da manhã sem hora para acabar, “cigar lounge” para apreciadores de charutos, saunas, etc. As restrições à hospedagem de crianças tem a idade mínima variada, mas geralmente em torno de 12 anos ou mais. Entretanto a ideia mesmo é que o público adulto não leve criança.Hotel Saint Andrews – Gramado RS

Muitas vezes o que um casal está buscando é um momento a dois inesquecível, e é exatamente essa a especialidade desses hotéis nos quais os funcionários são especialmente treinados para a discrição e atendimento impecável. E se a gente for pensar direitinho, é justo termos a oportunidade de escolher ficar literalmente a sós.

Hotel Kuriuwa – Monte Verdes MG

Gungaporanga – Barra de São Miguel AL

DPNY – Ilhabela SP

Zank – Salvador BA

Vila Natal – Campos dos Jordão SP

Unique Garden – Mairiporã SP

Ponta dos Ganchos – Governador Celso Ramos SC

Fonte: http://room5.trivago.com.br/os-hoteis-brasileiros-ideais-para-uma-viagem-a-dois/

 

Viagens

Um dia no Sítio

Um dia diferente.
Assim intitulei o meu feriado.

Tenho uma tia que amo de paixão e que agora acompanha seu marido Sebastião Gonçalves à frente do Sítio São Sebastião II. Ela Assistente Social, ele, Técnico da EMATER, ambos aposentados. Imagina um sítio com todo tipo de plantação, desde a finalidade econômica do quiabo, aimpim, côco, até as ervas medicinais. Completa o elenco a criação de peixes, cavalos, gado leiteiro, coelhos, patos e, soltos na natureza, muitos pássaros. A capela construída com muito carinho. O passeio de charrete, o uso do campo de futebol society ou a longa caminhada com explicações técnicas do meu tio sobre o manejo sustentável da propriedade que dispensa defensivos agrícolas e agrotóxicos nos faz esquecer do dia a dia na cidade e relaxar. Voltei de lá feliz por ter revisto meus tios mas também pela troca bem legal de energia. Os amigos Isabel Vasconcellos e Luiz Ricardo, que foram os nossos convidados, fizeram a diferença em nosso dia com sua companhia agradável e com seu alto astral.

Ah, o meu tio – que pela EMATER rodou o Brasil todo orientando os produtores rurais em suas dificuldades – além de comercializar os seus produtos também presta consultoria para agricultores, tratando doenças em plantações e prevenindo infestações por pragas. Super recomendo.
E como ninguém é de ferro tomamos um banho relaxante de piscina para saborear um delicioso churrasco preparado pelo meu tio.

Dicas, Viagens

Ano novo, vida nova, lugar novo!

Voltei a ativa depois de alguns dias de descanso. Precisamos recarregar as baterias, não é mesmo?

Pois bem, a minha experiência foi conhecer e ter o prazer de passar a virada do ano em Iriri no Espírito Santo.

Que lugar lindo. Que pessoas amáveis e educadas. Que companhias agradáveis nos deram o prazer de seu convívio. Estou encantada no sentido literal da palavra.

Vou repetir a frase que, ao acaso, ouvi de outro turista: “isso aqui é o Caribe brasileiro”.

E não é que parece mesmo? A água estava tão limpa e tão clara que víamos os pés. As tartarugas, de lentas não tinha nada; apareciam e sumiam tão rápido que não consegui fotografá-las. Um luxo. Foi a minha primeira vez e de minha família em Iriri; super recomendo. Vou tentar mostrar em algumas fotos o resumo da beleza que é aquele lugar. Voltei com ideias e ânimos bem diferentes.