Moda

JEANS: A ROUPA DO MILÊNIO!

​ Quem não gosta de um “jeans”?​ ​ Quem ousa dizer que um “jeans” é roupa para andar à vontade ou roupa de trabalhador da construção civil? Quem diz que um “jeans” não fica bem em todo mundo? O ” jeans” é a roupa mais usada no mundo inteiro, fica bem em todo mundo, é chique, dependendo de como você o usa, é ousado, quando o modelo pede, é confortável, gostoso , quando tem bom caimento e é macio.

Já foi o tempo em que se usava um “jeans” duro, armado, feio, e que deixava as mulheres gordas e os homens mal vestidos.

Da camisa , à saia, ao vestido e, finalmente, à calça, a peça mais vendida em todos os países do mundo inteiro, um bom “jeans”sempre terá o seu lugar, e sempre será aquela peça fundamental no guarda-roupa de todo homem e de toda mulher.

Vamos mostrar algumas peças fundamentais, então:

O modismo traz para a moda propostas apelativas e nem sempre boas. Mas, no caso do “jeans” , os apelos até que têm sido muito bons e b​acaninhas!​ ​ Mas, algumas marcas apelam pra valer, como no caso da calça rasgada!​ ​ Gente, que é isso?! Está demais! A sutileza é que é interessante!​ ​ A sutileza tem um toque de sofisticação com bom gosto! A sutileza sugere o que a falta dela, agride! E agressão não é moda, não é poesia, não é música! Agressão é ter que aparecer a qualquer preço, mesmo sem nossa, sem noção, sem beleza, sem rima (literalmente!). A agressão agride os olhos e a alma! E por que agredir na moda? Aliás, por que agredir?!?!?! Um rasgadinho é lindo e charmoso quando bem colocado! Por exemplo:

O calça “jeans” na Primavera-Verão vira bermuda e short. Quem verane​ia, estará sempre bem vestida com essas peças, seja para andar na praia, num cair de tarde; seja num almoço à beira da piscina; seja num churrasco com amigos. É a roupa apropriada!​ ​Pode ir de calça comprida?​ ​ Claro, pois nem todo mundo tem corpo e pernas pra mostrar.​ ​ M​as, se for de calça, prefira “jeans” claros, roupas mais leves, ou calças brancas ou “off”, que aliás, são as minhas preferidas! Exemplificando:

E pra terminar, vou mostrar alguns “jeans” da minha nova coleção.​ ​ A BACCARAT trabalha com um “jeans​​”​ ​maravilhoso , que deixa toda mulher chique, em qualquer situação onde o ​”jeans” se faz presença marcante:

Um beijão e até a próxima semana com mais novidades para vocês

Por GILDA WAGNER, empresária da moda e proprietária da loja Baccarat que fica no Centro de Compras da Pelinca

Se você gostou deste post compartilhe com seus amigos 🙂

Moda

USANDO O BRANCO (OU O OFF) NO FRIO

Se não chover, saia de branco! Sem medo e sem insegurança alguma! Contanto que você não use um “estilo consultório”, o branco ou o “off white”, são muito chiques e podem realçar a sua beleza e charme.
Calças e” blasers” claros têm uma elegância incontestável, e não precisa usar acessórios e complementos da mesma cor: use e abuse de bolsas e sapatos em tons contrastantes, encontre echarpes e lenços com estampas que caiam bem com a roupa e você verá o resultado. O que antes parecia simples e monótono, fica sublime, cria vida, e colore o seu visual. Vamos a alguns exemplos:

 

A roupa clara tem um significado moderno, despojado e ao mesmo tempo sofisticado, traz leveza e sensualidade ao corpo da mulher! Um camisa no estilo masculino, é algo sensacional, é uma peça que não pode faltar no guarda-roupa feminino, no guarda-roupa da mulher moderna, de visão, de mulher que sai para trabalhar e que precisa de que sua presença seja marcada, vista e sua personalidade notada.

Se o frio apertar, use casacos brancos ou de outra cor, como a cáqui, o mel, o preto é o marinho. Fica lindo, faz um contraste e levanta qualquer “look”.

Exemplo:

Branco é paz, mas é a sua paz interior, é o seu íntimo transbordando feminilidade, essência e luz.
Use sem medo, use com classe, use sabendo que você pode tudo, porque a mulher de hoje sabe administrar a sua vida e a cada dia conquista mais seus direito, espaços e objetivos. E, minha amiga, se a elegância vem de dentro para fora, demonstre-a através da roupa que veste! Você é também aquilo que veste.
Paz para todas nós e que a elegância da alma apareça através de nosso  viver, no dia a dia, vestindo, sendo, acontecendo. Até a próxima matéria!
“La vie est belle! Au revoir”.

Fotos: Divulgação

Sou proprietária da loja Baccarat e terei maior prazer em recebê-las com muita atenção e carinho. Vá tomar um café comigo.

Moda

QUE LUXO!

Hoje vamos falar de luxo, um luxo com ou sem ostentação. Eu diria que luxo pode ser o “glamour”,  a ousadia, o abuso dos brilhos, das pedrarias, das jóias que fazem parte desse contexto, mas pode ser também um luxo com classe, sem a preocupação de aparecer em demasia, sem exagero, com a dosagem necessária entre o belo e a elegância.

Há uma confusão entre a roupa que se deve usar para horários certos e eventos mais certos ainda. Aqui, na província goitacá, por exemplo, há um excesso, um exagero entre horários , tipo de festas ou eventos e o traje certo a ser usado. As festas de formatura, por exemplo, é da gente ficar meio boquiaberta com os exageros e erros cometidos! Eu acho que tem gente que se arruma para o “Tapete Vermelho”, da entrega do OSCAR,  numa desinformação total do que seja um baile de formatura!
Você pode ir linda, ser uma mulher notada e chique, sem parecer uma atriz hollywoodiana. Afinal, não é! Pronto. Vamos ver alguns exemplo que merecem uma roupa de gala! Isso sim, é um luxo, é o máximo, é hora de esbanjar luxo, muito brilho e algum excesso. Vamos ao exemplo:

Outros exemplos:

Então, deixamos aí bem claro o que é luxo, com “glamour” em noite de gala.

Agora, vamos falar de casamentos: até aceitamos que Madrinhas possam ir de longo, MAS… aqui entre nós: depende da hora do casamento!
Se você for a um casamento até às 16 horas, não abuse do longo! Você pode e deve ir de curto (nunca curtíssimo e nem no estilo “periguete”), pois se tem regras a serem seguidas, normas de etiqueta e respeito para com os noivos, que não merecem que você apareça como uma convidada, que quer “arrasar” de forma vulgar e desnecessária. Existem roupas lindas, ousadas, chiquérrimas, que arrasam justamente pela elegância e charme! Exemplo:

A mulher que sabe se vestir bem, do esporte ao traje de gala, ela já traz com ela essa certeza, ela sabe tudo, ela domina o seu estilo, ela conhece o seu charme, ela é natural em qualquer hora e local! Os grandes estilistas vestem o corpo, mas penetram na alma das mulheres que por eles são vestidas. Não vestem cabides! Vestem uma diva, uma musa, um ser iluminado! Quem não se encaixa , não levará bem a roupa!
Mulheres cabides, são as manequins de passarela. Elas apenas carregam uma roupa; nunca a poesia da roupa, o sentimento e a essência do que vestem: andam iguais, têm cara de múmias, não transmitem emoção alguma!
Vamos usar luxo, com beleza interior, com conteúdo, com o charme tão essencial a toda mulher que se ama, que se preza!
E apareça! É a mulher que leva a roupa e ela ela que faz você acontecer!
ACONTEÇA!

Até a próxima e espero que assimilem boas dicas, bons conselhos! Afinal, a intenção é sempre essa!
Um beijo e até a próxima semana.

GILDA Wagner, proprietária da loja BACCARAT.

Moda

VAMOS DE VERMELHO?

O VERMELHO, uma cor quente, forte e sensual, deve ser observada com alguns cuidados por parte de nós, mulheres.

Eu, particularmente, gosto de peças avulsas, como um “blaser”,  echarpes, uma calça comprida e mais social, sapatos ou uma carteira, como mostramos abaixo:

 

O vermelho combina com tudo, mas se não souber usar, tende a ficar vulgar! É uma cor alegre, chama a atenção, deixa a mulher mais sedutora! As mulheres morenas, podem e devem usar o vermelho, as louras e muito claras precisam ter  um pouco mais de discernimento, olhando o modelo, nada muito justo ou com fendas profundas, senão passa a impressão de “femme fatale”.


As roupas de festa, e quando eu falo festa eu quero dizer “gala”, são lindas no tom vermelho, e você com certeza chamará para você a atenção de todos os olhares! Mas, vamos chamar a atenção para o lado bom, correto, do charme e da elegância.
A silhueta tem que estar em forma, a maquiagem não muito pesada , fazendo uma harmonia entre o tom e a classe!

Ao usar batom vermelho, veja se não ficou muito exagerada, ofuscando até você e a roupa que você leva! Um batom deve acompanhar mais a pele do que a roupa!


Em suma, ser discreta é tudo de bom, mesmo com a força do vermelho, uma cor que acima de tudo sugere PAIXÃO.

Esperamos vocês na BACCARAT, onde várias peças em vermelho as esperam!Tudo de bom, meu beijo viva a moda!

Gilda Wagner, proprietária da loja BACCARAT

Fotos: Divulgação

Moda

No outono com as roupas da Baccarat

Olá! Meu nome é Gilda Wagner, e é um imenso prazer estar aqui, nesse Blog maravilhoso, da minha amiga querida VÂNIA CARVALHO. Fui convidada para falar de moda, assunto que muito me agrada e que, de certa forma, faz parte da minha vida. Até pode parecer que é simples, mas não é.​ ​

A princípio, achamos que a moda está mais ligada ao universo feminino, mas precisamos lembrar que o homem, se tornou muito vaidoso, preocupado com sua aparência e, esse homem que antes achava mais cômodo dar um dinheiro à mulher, hoje, na hora de presentear, ele sai, ele escolhe, e opina, ele compra e, aqui entre nós, um presente ganho assim, tem um valor muito maior.

Minha intenção, nesta coluna, é falar de tudo que se relaciona à moda, dar sugestões, atender de alguma forma às dúvidas que vocês possam vir a ter, enfim, farei aqui o que faço com minhas clientes em minha loja, a BACCARAT: vejo o perfil da cliente, assimilo o que ela quer ou precisa, opino, quando é o caso sugiro um pouco do meu conhecimento e até do meu gosto!​ ​
E, graças a Deus, tem dado tão certo, que até malas para a cliente viajar, eu ajudo a fazer, compondo com roupas apropriadas e nunca desnecessárias. Super legal!

Moda não é tão simples como se pensa! Moda é uma coisa;​ ​
modismo é outra! Moda é um CONCEITO que possui normas e mandamentos.​ ​
Podemos sim,”brincar” com ideias e nossa imaginação (afinal, o que seria do azul se todos gostassem do vermelho?!), mas não podemos extrapolar esse conceito! É aquela velha história: …”hay que endurecerse,​ ​pero sin perder la ternura jamás!” Vamos ousar, vamos inovar, vamos acompanhar os caminhos ditados pela moda, mas não vamos bagunçá-la.Tem muita gente confundindo as coisas por aí. Eu digo sempre às minhas clientes:​​
usem o que lhes deixam fe​lizes, usem as coisas que lhe favorecem. Daqui pra frente vai ficar mais frio.
​ ​
Essa é a chave de todos os segredos! Aí vocês me pedem algumas dicas para o Outono que está chegando.​ ​Da​qui pra frente, vai ser muita fica.​ ​
Hoje, para começar, vou mostrar algumas peças da AMARRAS/HELÔ PINHEIRO, marca que já trabalho há anos e que confio não só na beleza como na qualidade. O cinza e o “bordeaux” serão os carros-chefes da nova Estação, seguidos do camelo, tabaco, mostarda e tijolo. Tons mais quentes para nosso friozinho gostoso que está na porta! Vamos, então, a algumas sugestões e até a próxima semana.Um beijo.

Baccarat – Centro de Compras da Pelinca

Fotos: Fernando Cerqueira