Idiomas

Os falsos cognatos

Como prometido no último post, hoje falaremos da importância em se comunicar de maneira apropriada e precisa.

Tanto em nossa língua materna, quanto em qualquer língua estrangeira, a necessidade de se fazer compreender de maneira correta é essencial para que falhas na comunicação, e até mesmo algumas gafes sejam evitadas.

Às vezes, com o intuito de rebuscar nosso vocabulário, utilizamos palavras que parecem ter um significado, mas que na realidade, possuem outro completamente diferente daquela intenção que temos. Isso pode ocorrer com maior facilidade se estamos comparando Português e Inglês.

Há diversas palavras que, por se parecer na grafia, na pronúncia ou em ambos, podem confundir e deixar aquele que está utilizando o idioma em má situação. Temos aí os Heterossemânticos, ou simplesmente, os Falsos Cognatos (em Inglês, “False Friends”).

Para que você possa enriquecer seu vocabulário e driblar os erros, segue uma tabelinha contendo alguns deles:

Mas fique ligado: Há também aquelas palavrinhas que facilitam a nossa vida!

A boa notícia é que algumas delas realmente significam o que parecem. Para que vocês possam visualizá-las e estuda-las, segue mais uma tabela:

E como dever de casa para quem quiser estudar um pouquinho, segue a última tabela; você pode completa-la com uma breve pesquisa e decidir se estas palavras são ou não false friends.

See you next week!

Lívia Campos Barcellos Pedagogical Coordinator
CNA Campos Ouvidor 22 2733-4133 22 99833-4133

Idiomas

O futebol e a língua Inglesa

Ainda que nem todos tenham as mesmas preferências, é unânime que de alguma forma a Copa do Mundo mexe com o cotidiano dos brasileiros. Os mais chegados ao futebol se reúnem e celebram os jogos, aproveitam para fazer aquela “social” com os amigos; aqueles que não curtem, acabam descansando um pouquinho, já que o país inteiro dá aquela pausa – pelo menos durante os jogos da seleção.

Mas o que eu realmente acho interessante é toda a miscigenação cultural que um evento como esse é capaz de promover. Podendo passear entre curiosidades sobre os diversos países participantes, novas informações sobre o esporte em questão, integração entre as culturas, desmistificação e quebra de preconceitos, união e solidariedade entre os povos – como se viu quando o atleta muçulmano Mohammed Salah tornou-se ídolo europeu – eu ainda escolho falar de um dos meus assuntos prediletos: a língua inglesa!

Muita gente pode ainda não saber, mas o futebol, tão querido e conhecido aqui no Brasil, surgiu lá: na Inglaterra. E, não podendo ser diferente, as expressões usadas no idioma original foram disseminadas e se perpetuaram nas línguas oficiais de cada país. Eu, particularmente, tive o privilégio de crescer ouvindo meu querido avô(zinho), que quando jovem era jogador de futebol, dizer ao assistirmos juntos às partidas: – “Eles têm que marcar o ‘back’!” Ou: – “Vão bater o ‘corner’.” Ele que, nos dias de hoje está no auge dos seus 90 anos, nunca teve a oportunidade de aprender um segundo idioma, mas fala inglês sem nem ter noção disso.

Vovô Jayr Barcellos e seus companheiros de equipe – Já nasceu com nome de craque de futebol…

Se ninguém se familiarizou com minha estorinha, aposto que as palavras ‘penalty’, ‘score’, ‘goal’, ‘coach’, ou ‘game’ soam familiares ou já surgiram de alguma maneira no vocabulário ou compreensão auditiva.

Para não me estender demais, aproveito o espaço para destacar o que mais admiro neste contexto e compartilhar com vocês um pouquinho do meu conhecimento da língua inglesa, aliado ao futebol! Espero, ainda, que a tabelinha abaixo (trocadilhos à parte) seja útil ao menos para enriquecer as rodas de conversa, integrar um jovem que curte um jogo à sua família, ou facilitar a compreensão ao assistir à transmissão de jogos na telinha.

Abraços, bons jogos e boa sorte, Brasil!

Lívia Campos Barcellos Pedagogical Coordinator
CNA Campos Ouvidor 22 2733-4133  99833-4133

Educação

O CNA e seu diferencial

Hi, there!
Como prometido no post da última semana, vim falar um pouquinho sobre um trabalho muito bonito desenvolvido pelo CNA.

Algum de vocês já pensou em melhorar sua performance no idioma e também a vida de alguém que possa estar precisando companhia? Pois o CNA pensou. A brilhante ideia foi nomeada ‘Speaking Exchange’, que soma mais de 30 prêmios nacionais e internacionais – entre eles, no Festival Cannes Lions 2014 (o principal festival de publicidade e criatividade mundial) – e já faz parte da realidade de diversas escolas CNA pelo Brasil afora.

O projeto teve início a partir da dificuldade que grande parte dos estudantes brasileiros tem em praticar inglês com outras pessoas, principalmente nativos na língua. Ao pensar em como isso podia ser modificado, foi possível unir a ideia de ajudar ao próximo e ainda promover o intercâmbio de experiências entre brasileiros, estudantes de inglês em diferentes idades, e idosos que residem em casas de repouso nos Estados Unidos e Canadá.

Através de uma ferramenta que funciona de maneira semelhante ao Skype, uma chamada de vídeo é realizada e os dois participantes – o aluno e o idoso – são conectados para conversar sobre diversos assuntos, expondo suas preferências, atividades, informações sobre seu dia-a-dia, família e muito mais.

Para melhorar seu desempenho, o aluno conta não somente com o idoso com quem conversa – que dá dicas em como aplicar o idioma da maneira correta – mas também com seu professor, que é o único quem tem acesso à conversa gravada. Ali, ambos podem revisar e corrigir aspectos linguísticos, o que auxilia muito no aprendizado.

Mesmo com todos estes benefícios, o que encanta de verdade são os laços criados entre os participantes do projeto, a quem são proporcionadas verdadeira sensação de fazer o bem ao próximo e possibilidade de desenvolver uma nova amizade. O idoso se sente útil ao auxiliar o estudante a ser melhor praticante do idioma; o aluno, por sua vez, se transforma em nova companhia a alguém que esteja necessitando de um pouco mais de atenção.
Como uma boa manteiga derretida, compartilho (com os olhos cheios de lágrimas, em toda vez que assisto ao vídeo), dois links:
https://www.cna.com.br/sobre-cna/exchange
http://www.dailymail.co.uk/ femail/article-2622691/Lonely- American-retirees-help- Brazilian-students-practice- English-video-chat-make- unexpected-new-friends- process.html
No primeiro, é possível assistir ao vídeo  que mostra toda a beleza e uma breve descrição de como o projeto é realizado. No segundo, para aqueles que desejam fazer uma boa leitura e melhorar as habilidades de compreensão de textos em inglês, é possível ter acesso a uma das diversas publicações estrangeiras que o projeto gerou. Esta, especificamente, no britânico Daily Mail. Vale a pena dedicar uns minutinhos a estas duas paginas.

Quer participar desta experiência? Nossa escola, o CNA Ouvidor – pioneira na execução do projeto em Campos, está te esperando para dar todas as informações necessárias e te deixar apto a ser parte de um mundo onde somos mais que melhores alunos, mas também melhores pessoas.
See you next week!

CNA Ouvidor – Rua Marechal Floriano 355 Tel.: (22) 2733-4133

www.cna.com.br/ouvidor