Idiomas

O futebol e a língua Inglesa

Ainda que nem todos tenham as mesmas preferências, é unânime que de alguma forma a Copa do Mundo mexe com o cotidiano dos brasileiros. Os mais chegados ao futebol se reúnem e celebram os jogos, aproveitam para fazer aquela “social” com os amigos; aqueles que não curtem, acabam descansando um pouquinho, já que o país inteiro dá aquela pausa – pelo menos durante os jogos da seleção.

Mas o que eu realmente acho interessante é toda a miscigenação cultural que um evento como esse é capaz de promover. Podendo passear entre curiosidades sobre os diversos países participantes, novas informações sobre o esporte em questão, integração entre as culturas, desmistificação e quebra de preconceitos, união e solidariedade entre os povos – como se viu quando o atleta muçulmano Mohammed Salah tornou-se ídolo europeu – eu ainda escolho falar de um dos meus assuntos prediletos: a língua inglesa!

Muita gente pode ainda não saber, mas o futebol, tão querido e conhecido aqui no Brasil, surgiu lá: na Inglaterra. E, não podendo ser diferente, as expressões usadas no idioma original foram disseminadas e se perpetuaram nas línguas oficiais de cada país. Eu, particularmente, tive o privilégio de crescer ouvindo meu querido avô(zinho), que quando jovem era jogador de futebol, dizer ao assistirmos juntos às partidas: – “Eles têm que marcar o ‘back’!” Ou: – “Vão bater o ‘corner’.” Ele que, nos dias de hoje está no auge dos seus 90 anos, nunca teve a oportunidade de aprender um segundo idioma, mas fala inglês sem nem ter noção disso.

Vovô Jayr Barcellos e seus companheiros de equipe – Já nasceu com nome de craque de futebol…

Se ninguém se familiarizou com minha estorinha, aposto que as palavras ‘penalty’, ‘score’, ‘goal’, ‘coach’, ou ‘game’ soam familiares ou já surgiram de alguma maneira no vocabulário ou compreensão auditiva.

Para não me estender demais, aproveito o espaço para destacar o que mais admiro neste contexto e compartilhar com vocês um pouquinho do meu conhecimento da língua inglesa, aliado ao futebol! Espero, ainda, que a tabelinha abaixo (trocadilhos à parte) seja útil ao menos para enriquecer as rodas de conversa, integrar um jovem que curte um jogo à sua família, ou facilitar a compreensão ao assistir à transmissão de jogos na telinha.

Abraços, bons jogos e boa sorte, Brasil!

Lívia Campos Barcellos Pedagogical Coordinator
CNA Campos Ouvidor 22 2733-4133  99833-4133

Livia Barcellos

Escrito por Livia Barcellos

Psicóloga por formação, professora por paixão. Uma pessoa que procura estar sempre de bem com a vida, e tenta dar o melhor de si em todas as funções. Assim será minha participação aqui no Blog da Vânia, onde tentarei contribuir da melhor maneira possível e incentivar a todos os leitores que busquem novas informações e agreguem conhecimento às suas vidas. Esposa, filha, mãe (de cachorrinhos) e agora escritora. Será que dá certo? =)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *