Tecnologia

Economizando com energia solar

Que o tema do momento é economia e sustentabilidade, não temos dúvidas; mas às vezes nos fica aquela impressão de que pouco ou nada podemos fazer. Estou mudando isto. Esta semana eu conheci o engenheiro Carlos Figueiredo, responsável pela CFX Energia Solar, e tirei todas (quase, rsrs) as minhas dúvidas sobre um assunto que muito me interessa e tenho certeza que a vocês também.

Ele me mostrou como a produção de energia elétrica pode se dar a partir de painéis solares e que se mostra uma excelente alternativa; e podemos ter um desses em nossas casas, sabia? Imagina um investimento que depois você vai estar tranquilo e sem a paranoia de conta de luz alta ou se aborrecer toda vez que a energia tiver um aumento. Além da economia de 95% e o retorno do investimento que vem em 4 a 5 anos. Ah, e o pagamento pode ser financiado, tá? Maravilha, né?
Vamos às explicações:

Sobre:

A CFX ENERGIA SOLAR  é uma empresa que desenvolve e realiza projetos e instalações de painéis solares para geração de energia elétrica para residencias e comércio em geral.

Como funciona:

  • Durante o dia, a luz solar que incide sobre os painéis é absorvida e convertida em energia elétrica, corrente contínua (CC).
  • O inversor capta a corrente contínua e a transforma em corrente alternada (CA) que pode ser consumida na casa ou empresa.
  • A corrente alternada (CA) é então consumida na residência ou empresa, gerando energia para lâmpadas, eletrodomésticos e outro:
  • O excedente de energia gerada é injetada na rede de distribuição, gerando créditos que podem ser utilizados em até 60 meses.

Obs. Quando não há geração energia (por exemplo no período noturno) ou quando o consumo é maior que o gerado, utiliza-se a eletricidade fornecida pela distribuidora.

 

Utilizando o sol para geração de energia elétrica independente para sua casa você terá, através de um sistema ambientalmente correto e sustentável, energia limpa e economia no bolso.

Ter um sistema de energia solar é muito fácil; é como ter um negócio: você investe, tem o retorno do capital, e depois o lucro. A diferença é que você não tem riscos, não tem funcionários, não tem dor de cabeça e ainda ajuda o planeta.

A CFX oferece vendas e serviços em todo o Brasil com produtos eficientes, preços razoáveis  e assistência técnica.

Veja as fotos de alguns projetos já instalados.

Fotos: Arquivo CFX

Tecnologia

Apple: entenda a questão do iPhone e suas baterias

Apple responderá legalmente na França devido à diminuição intencional do desempenho de iPhones antigos. Se o seu aparelho é um iPhone 6, iPhone 6S, iPhone SE ou iPhone 7, que foram lançados entre 2014 e 2016, pode ter sido afetado.

Na França isto é tratado com absoluta responsabilização e seriedade, já que “reduzir deliberadamente o tempo de vida de um produto para aumentar a taxa de substituição” – a obsolescência programada – é ilegal no país.

Ouvida, a Apple alega que a medida visa proteger smartphones com muito tempo de uso, que poderiam ter o funcionamento prejudicado pelo desgaste natural da bateria.

Segundo Isabela Cabral, do site TechTudo, o grupo Halte à l’Obsolescence Programmée (“pare a obsolescência programada”, em tradução livre) entrou na Justiça contra a empresa na última quarta-feira (27/12/17).

De acordo com declaração do grupo francês, os objetivos do processo são evitar que os consumidores precisem comprar celulares com mais frequência e ajudar a reduzir os danos ambientais decorrentes da troca constante de dispositivos.

A Apple fez, na noite de quinta-feira (28/12/17), um pedido desculpas, destacando que o update melhora o gerenciamento de energia dos celulares para evitar desligamentos inesperados. Assim, a redução do desempenho pode ser uma consequência. “Nunca fizemos – e nunca faríamos – nada para intencionalmente reduzir a vida útil de qualquer produto Apple, ou degradar a experiência de usuário para elevar as trocas”, afirma o texto.

De acordo com a fabricante, a substituição da bateria faz os aparelhos voltarem ao normal. Dessa forma, a Apple anunciou que vai oferecer a troca do componente por preços menores: US$ 29 (R$ 96, sem impostos) nos Estados Unidos, US$ 50 (R$ 165) mais barato que o custo padrão. No resto do mundo, o procedimento será disponibilizado ao longo de 2018.
A Apple Brasil, até a data de 28/12/17, não tinha ainda informações de como será o processo. Atualmente, substituir a bateria de um iPhone no país sai por R$ 449 nas lojas oficiais. Outras assistências técnicas, porém, praticam preços mais baixos, a partir de cerca de R$ 150.  Fonte Isabela Cabral, do site TechTudo (29/12/17).

Ainda, segundo VÍTOR M., do site pplware, parece que a Apple mudou recentemente a sua política de substituição de bateria para iPhone 6 ou dispositivos posteriores, e passou a aceitar todos os pedidos, não importa se esses iPhones passaram ou não pela ferramenta de diagnóstico interna, com o mesmo preço de US$ 29,00. Entretanto, há quem defenda a substituição sem custos para o consumidor.

Na minha opinião, ao escolher um iPhone estou pagando por durabilidade, segurança, desempenho, design, atualização e performance de primeira linha; receber menos que isto é inaceitável. O que vocês acham?

Fotos: Divulgação Internet

Tecnologia

Adidas – Nota dez

Só posso dar nota dez para uma sacada dessa. Atento às questões ambientais, a Adidas aproveita materiais recicláveis e confecciona um tênis com plásticos retirados do oceano. A empresa quer mudar o conceito de consumo de plástico e eventualmente incluí-lo em outros produtos propondo uma nova estratégia de sustentabilidade. Ah, eu adorei o modelo e usaria de boa. E vocês?

Tecnologia

Consultoria Tecnológica: para quê?

Você deve notar o quanto as tecnologias vem evoluindo a cada dia, porém será que você está realmente atualizado ?
É fundamental estar buscando as novas ferramentas que podem fazer seu negócio prosperar em tempos de crise e/ou reduzir despesas para que possa elevar seu padrão mantendo os mesmos custos. Existe no mercado um tipo diferente de consultoria empresarial, a Consultoria Tecnológica.

Esta tendencia mostra-se muito eficiente, e é aplicável às áreas de negócio como Marketing, Telefonia, Administração, isso para mencionar as mais impactadas por estas novas formas de se fazer negócio. Na área de Marketing podemos citar as mídias digitais, como Painéis de LED com suas cores e imagens em movimento, que anteriormente eram apenas outdoors estáticos; propagandas através das redes sociais alcançando diretamente o público no momento em que ele esta mais propício a receber informações, diferente das TV que passam seu comercial em um horário fixo, entre outras formas.

No quesito redução de custos, temos o VoIP, ou telefonia através da internet, onde você pode reduzir seus custos com a telefonia fixa e longa distância, outra forma é o uso de pacotes de operadores de celular que atendam as suas necessidades de ligações para telefonia móvel. Para saber que elas existem e como implementá-las você precisa de um profissional que esteja atualizado, conheça e que permaneça em contato com todas estas novas tecnologias, analisando seus dados e avaliando a melhor proposta e forma, para que assim possamos voltar a crescer. Lembrando que, em tempos de crise, trabalho e conhecimento te movem.

Colaborador: Consultor Tecnólogico Luis Vasconcelos Contato (22) 99975-6718

Tecnologia

Nota dez

Atendendo aos pedidos, e como forma de me desculpar pela demora em postar a minha nota dez da semana, escolhi um produto inteligente, econômico, de design moderno e fácil manuseio: são os vasos autoirrigáveis; nele você coloca água em um reservatório e pode ficar tranquila que sua planta vai ficar constantemente umidificada e não haverá problema com a dengue, já que dispensa pratinhos. Excelente para hortinha, para quem não tem muito tempo em casa ou para quem precisa viajar. Os preços são em torno de R$ 10,00. Eu achei ótima a ideia.

Para maiores informações vejam o site www.plantei.com.br