Entrevista da Semana

Entrevista da semana

Dra. Olívia Abicair Assed – Médica Dermatologista

Qual a sua formação profissional? Sou formada pela Faculdade de Medicina de Campos; me especializei no Hospital Mario Kroeff e sou especialista titular em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia .

Fale sobre sua área de atuação. Tenho uma formação ampla e diversificada para o diagnóstico e tratamento de doenças da pele, unhas e cabelos, além de proporcionar bem estar e satisfação com a utilização de procedimentos estéticos. Acredito que a dermatologia também tem uma relação intrínseca com a felicidade do paciente e sua auto estima. Porém, é muito importante o paciente estar bem com sua aparência e consigo mesmo. A beleza vem de dentro para fora também. Como diria Guimarães Rosa “Felicidade se acha em horinhas de descuidos.” Então, nada de extremismos e excessos.  Um acompanhamento dermatológico bem feito engloba uma série de fatores. Vejo hoje muitos pacientes neuróticos em virtude dos demasiados tratamentos e opções. Então a busca pela perfeição acaba gerando imperfeições. Temos sempre que ser responsáveis neste ponto; o paciente tem que evoluir e essa evolução tem que ser multifocal. É muito simples cuidar da pele quando orientado de maneira adequada.

Existe um momento indicado para procurar um médico Dermatologista? Sempre que notar algo diferente na pele, cabelos e unhas, ou até mesmo para uma checagem de rotina, como por exemplo quando há história familiar de câncer de pele.  Para prevenção do envelhecimento cutâneo, quanto antes começarem os cuidados, menores serão os danos.

A opção pela área de atuação existia desde a entrada para a faculdade ou surgiu nos últimos anos de curso? Sempre foi uma opção, mas a certeza veio após a conclusão da matéria na faculdade.

Quais as maiores queixas em seu consultório? As principais queixas no consultório vão desde queda de cabelos, manchas na pele, micoses, sardas e rugas até suspeita de câncer de pele.

– Fale um pouco sobre a sua família.  Minha família é meu porto seguro.  Sou casada, tenho um filho de 1 ano e 9 meses de nome João e estou à espera de mais um.

– Quem é Olívia? Me considero dedicada, exigente, até um pouco mandona rsrsrs. Sou muito realizada profissionalmente e levo com leveza o que faço. Atualmente minha vida é o binômio família/trabalho.

– O que faz nas horas vagas? Gosto de ler, viajar, me atualizar e fazer qualquer coisa em família. Adoro cozinhar nos finais de semana também.

Bate-bola:

– Não perdoa: traição.

– Hora de parar: quando começo a ter insônia.

– Cor preferida: verde

– Estilo de se vestir: clássica

– Decepcionante: política

– Doce: bolo de chocolate

– Não dorme sem: ar condicionado.

– Te irrita: a falta de empatia do mundo moderno.

– O que pensa de si? sou uma pessoa simples.

– Amigos são… a família que escolhemos.

– Gente que faz: o bem sem ver a quem.

– Animal de estimação: cachorro.

– Palavra que não sai da sua boca: João rsrs

– Amigo (a) Lucas, meu marido.

– Paixão por… viagens

– Vício : doce

– Adoraria conhecer: Florença

– Gostaria de ser por um dia: cantora.

– Local ideal para relaxar: minha casa.

– Música boa: MPB

– Cheiro agradável: alecrim

– Pecado: gula

– Religião: católica

– Deus: amor, luz, força e esperança.

– Deixe uma mensagem:

Nos dias corridos de hoje, sempre temos que reservar um espaço para os cuidados com a pele. O acompanhamento profissional especializado está diretamente ligado à saúde da pele, prevenção de doenças, aprimoramento estético e ganho da auto-estima. Padrão de beleza é você se sentir bem.

Entrevista da Semana

Entrevista da semana

Dr. Leonardo Gama – Nutricionista

Perfil:

– Qual a sua formação profissional? Nutricionista Clínico. Doutor em Biociências e Biotecnologia

– Qual a área escolhida para atuação? Nutrição clínica e esportiva

– Por que escolher Nutrição? Escolheria novamente? Sempre tive muita afinidade com a área e, sim, escolheria novamente.

– Hoje, cuidar da saúde está sendo levado mais a sério? Sem dúvida a consciência do envelhecer saudável está mais apurada, mesmo por que o advento da internet popularizou tanto os cuidados de saúde quanto a percepção de doenças.

– O que você recomenda para quem quer ter uma melhor qualidade de vida? Somente procurar o nutricionista resolve? Necessário que se procure os profissionais corretos em cada seara. Nosso papel complementa o de outros profissionais de saúde e vice-versa.

– Quais são as perspectivas futuras para a profissão? Creio que veremos horizontes importantes, principalmente em relação à nutrigenômica, ou seja, a impactação do que se ingere na interpretação de nossos genes.

– Quem é Leonardo? Bem familiar, pai devoto, simples e um eterno inconformado em como o ser humano tem dificuldade de aprender com a sua história.

– Fale sobre sua família. Sou casado há 11 anos, tenho a Luiza de 10 anos e o Bernardo de 7 anos, ambos a luz do meu candeeiro. A Ísis Catarina, minha esposa e ambos os braços, conheci em uma festa da UENF.

– O que costuma fazer nas horas de folga? Se puder vou pescar em mar aberto!

Bate-bola:

– Não suporta o cheiro de: barata
– Time: Flamengo!
– Melhor amigo (a): Diogo, meu primo.
– Mania: tentar por ordem nas coisas
– Não bebe: bebidas fortes.
– Como gosta de ser chamado: Leo
– É vaidoso: só com o básico
– Detestável: impunidade nesse país
– Momento atual: de transição, espero que para bem melhor.
– Característica admirável: não suporto injustiça
– Bebida: cerveja e chá mate
– Lugar ideal para o descanso: minha casa
– Teatro ou cinema: ambos
– Te deixa sem graça: elogio
– Tecnologia que ainda não é adepto: aqueles óculos 3D
– Música: Blues, rocks clássicos, samba de raiz…
– Não abre mão de: pescar quando posso.
– Campos: cidade que tem tudo para ser referência nacional
– Projeto: me dedicar mais à religião.
– Merece elogio: os envolvidos na investigação Lava-Jato
– Ídolo: Keith Richards
– Lembrança de criança: férias na casa da praia
​- Não te convence: ideologias de esquerda, não mais.
– Gratidão: à minha mãe.
– Injusto: a remuneração média do brasileiro.
– Religião: Kardecista
– Deus: sempre, sobre todas as coisas.
– Deixe uma mensagem: “O que a lagarta chama de fim, o Mestre chama de borboleta.”

Entrevista da Semana

Entrevista da semana

Dra. Gabriela Moreira – Médica Dermatologista

Perfil:

– Qual a sua formação profissional?

Sou Médica Dermatologista.

– Em que momento você optou por ser médica?

Sempre tive afinidade por biomédicas, me identifiquei com a medicina por ter vivenciado de perto a profissão com meu pai, também médico. Não sei dizer o momento certo em que escolhi, foi uma vontade que foi amadurecendo; acho que, na verdade, fui escolhida, rsrsrs…

– A escolha da especialidade teve influência de alguém?

Apesar da decisão bem formada quanto a profissão, a escolha da especialidade não foi tão simples assim! Pensei em várias especialidades antes de optar definitivamente pela dermatologia; tive a influência de uma professora Dermatologista muito querida e incentivadora.

– O que trata o dermatologista?

O dermatologista é o médico especialista no diagnóstico, tratamento e prevenção de doenças da pele, pelos, mucosas, cabelos e unhas. São mais de 3.000 doenças dermatológicas que afetam a pele de crianças, adultos e idosos. O dermatologista atua no diagnóstico, prevenção e tratamento de doenças, além de orientar sobre cuidados gerais, solucionar problemas estéticos e trabalhar na manutenção da beleza da pele.

– Qual o lado bom e o lado ruim de ser médica em nossa cidade?

Não restringiria a nossa cidade, mas sim ao contexto atual que temos vivido em nosso País! É muito difícil ver as privações que a população sofre no quesito de promoção da saúde, as condições em que nós profissionais muitas vezes trabalhamos, falo do SUS, onde atuo a maior parte do tempo; lutamos para conseguir amenizar uma dor, fechar um diagnóstico, restabelecer a saúde… muitas vezes se torna um desafio muito grande, mas é a forma que temos de fazer a diferença, de agregar de alguma forma!

– Fale um pouco sobre a sua família.

Me considero uma pessoa de muita sorte, tenho uma família linda e unida! Ter uma família é ter aquela sensação de que você nunca estará sozinho, e por mais que pareça a cada dia mais extinta, acredito muito nesse meu desejo de construir uma, não há melhor forma de viver em sociedade do que em família!

– Quem é Gabriela?

Difícil definir, rs… às vezes Gabriela, às vezes filha, irmã, tia, namorada, amiga, médica, mulher, mas sempre Gabi. Capricornianas são autênticas, alegres, espontâneas, alto astral, loucas pela vida. Sou dona das minhas boas memórias, para o Hebraico a enviada, aquela que guia as rédeas do existir. Muitas vezes sou mais forte do que imagino, me considero em um constante aprendizado, acreditando em deixar os dias mais leves, e que ser feliz é descomplicar a vida, pelo lado de dentro!

– O que faz nos momentos de folga?

Viagens, sempre que posso!

Bate-bola:

Surpresa boa: Flores;

– Programa de final de semana: Ao ar livre;

– Pecado: Vários;

– Como gosta de ser chamada: Pelo nome

– Adora quando: Sou lembrada com carinho!

– Casa ou balada: Casa;

– Não gosta de ler: Política;

– Programa de TV preferido: Filmes;

– Parceiro é… aquele que não precisa ser chamado, pois já sabe!

– Animal que jamais teria: Réptil;

– Não perdoa: Ainda desconheço;

– Melhor parte da casa: As pessoas;

– Merece aplausos: Todo esforço para o bem;

– Fiel: Combina com espontâneo;

– Mulher admirável: Ah! A minha mãe!

– Homem inteligente: Meu Pai!

– Tira você do sério: Atrasos;

– Estilo de se vestir: Casual;

– Perfeito: Sempre associo à sutileza;

– Livro de cabeceira: Mais de um, gosto de alternar, dependendo do humor. Sempre algum sobre budismo!

– Não vive sem: Amor;

– Precisa conhecer: Tudo que seja bom e que ainda não conheço!

– 2018: Peço Paz;

– Religião: O caminho;

– Deus: A direção;

– Deixe uma mensagem:

“simplifique a vida; abandone prazeres pequenos para dar lugar aos que são relevantes.” Livro O cérebro de Buda- Rick Hanson

Entrevista da Semana

Entrevista da semana

Confraternizando no Trianon

O grupo Folha da Manhã escolheu este ano o Trianon, um lugar de extrema elegância e conforto para apresentar o seu show de fim de ano. O cantor Simoninha, filho do saudoso Wilson Simonal, veio para agitar, alegrar e encantar a platéia. O evento contou com presenças ilustres como; Prefeitos, Políticos da região, empresários, clientes, parceiros, patrocinadores e amigos que fizeram da noite uma data que deixou o gosto de quero mais. A todos os convidados o meu muito obrigada pela presença, carinho e respeito. Vocês são a razão do nosso trabalho e de todas as nossas conquistas. Rumo aos 40 anos da Folha da Manhã.

Um evento que deu o que falar

Bacana quando você recebe o feedback das pessoas que foram ao show e percebe que para elas foi tudo perfeito, especialmente a escolha do artista na medida para animar e preencher a agenda da terça feira na planície. É exatamente esse o objetivo da empresa: agradar, confraternizar, chamar para perto e agradecer a todos por seu companheirismo, fidelidade e parceria nos negócios. O bom trabalho continua, agora mais do que nunca, sendo necessário. É arregaçar as mangas e começar a divulgar teu produto ou serviço; é plantar a colheita de 2018. Mais uma página especial da Folha Estilo para mostrar quem nos prestigiou no show de Simoninha!
                                                                                                                          Vânia Carvalho

 

Entrevista da Semana

Entrevista da semana

Dra. Clícia Crespo – Médica Ginecologista e Obstetra

PERFIL:
– Qual a sua formação profissional? Sou Médica e Professora Universitária.
– O que te fez escolher ser médica? Achava muito importante trazer às pessoas doentes uma nova chance de viver.
– O que a sua área trata? Sou Ginecologista e Obstetra, e atualmente faço uma especialidade que permite você ter um envelhecimento com qualidade de vida. Vejo as pessoas envelhecendo e com seus salários da aposentadoria praticamente todo comprometido com medicamentos sem proporcionar melhora dos sintomas ou ate mesmo da doença. Com uma mudança no estilo de vida conseguimos melhorar a historia de muitos. Isso é gratificante para um profissional que trabalha com o coração.
– Hoje escolheria tudo novamente? Em parte sim, sendo que colocaria a longevidade saudável inserida no contexto da ginecologia e obstetrícia, como tenho feito atualmente. Esta visão alargou o meu campo de atuação porque os companheiros das minhas clientes observam uma mudança da sua saúde e também desejam o mesmo tratamento. Isso é muito bom!!!!
– O que diria para os que estão começando na sua profissão? Trabalhem com amor !!!! lembrem que vocês hoje são médicos mas também podem ser pacientes.Tudo que plantamos aqui vamos também aqui colher. Vejam qual a qualidade das sementes que estão lançando.
– Ônus e bônus da sua profissão. Como em toda profissão, temos erros e acertos, mas aprendi com um professor que devemos errar pouco e aprender muito com o pouco que erramos. Em nossa profissão, muitos acham que são Deuses ou semi Deuses, mas aprendi que temos um médico Supremo e quando Ele diz não, nada poderemos fazer. É claro que precisamos estar nos reciclando, estudando para proporcionar uma qualidade de atendimento melhor àqueles que nos procuram, mas sempre sabendo que Deus é soberano sobre todas as coisas.
– Quem é Clícia? Uma mulher simples, guerreira e ousada.
– Como é o seu dia a dia? Muito movimentado, mas gratificante.
– Fale sobre a sua família. Minha família é pequena e abençoada; servimos ao Senhor numa comunidade carente, a filhota segue meus passo na profissão e iremos caminhar muito com os projetos que Deus tem para nós. Aliás, com o trabalho que fazemos, a família cresceu e hoje temos muitos filhos.
– O que faz nas horas vagas? Gosto de estar com amigos, ler um bom livro… Sim!! Faço tudo isso mas também estudo e organizo na minha mente muitos projetos !!!! kkkkk

BATEBOLA:

– Estilo de música – Gospel
– Um nome marcante – Marilza
– O que te faz parar – Injustiça
– Não concorda com… Pessoas egoístas
– Defina-se em uma palavra – Esperança
– Gasta muito com – Missões
– Maior tristeza de sua vida – Não ter conseguido diagnosticar algumas deficiências na minha mãe que se tratadas permitiriam uma longevidade saudável.
– Que defeito é mais fácil de perdoar – Todos porque o perdão não é uma escolha e sim um mandamento de Deus, e se quero receber Suas bençãos preciso aprender a obedecer.
– Se pudesse voltar no tempo, o que faria diferente? Teria mais 2 filhos
– Qual o seu lema – Servir ao próximo
– Palavra favorita – Gratidão
– Qual a sua ideia de felicidade – Quando deixamos de fazer a nossa vontade e experimentamos as coisa do Alto.
– Família é… A base da nossa história
– Decepção – Traição
– Atividade favorita – Jogar basquete
– Se não fosse médica seria – Engraçado; não me vejo em outra profissão.
– Vergonha – De nada; sou bem resolvida.
– O que admira nos amigos – A nossa comunhão, mesmo distantes estamos próximos
– Te deixa sem graça – Elogios
– Ídolo – Cristo
– Time – Antigamente era o Flamengo mas fico muito agitada quando assisto os jogos que resolvi não ter mais time ,kkkkkk
– Religião – Não tenho; sirvo ao Senhor
– Deus – Ele é o alfa e o omega, o inicio e o fim.

– Deixe uma mensagem: Ame mais a Deus do que a você mesmo, porque só assim fará alguém feliz.